Quinta-feira, 2024-04-18, 9:28 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Maio » 29 » TRABALHADORES RURAIS OCUPAM SEDE DA PREFEITURA DE ITAETÊ
6:17 PM
TRABALHADORES RURAIS OCUPAM SEDE DA PREFEITURA DE ITAETÊ


Cerca de 300 assentados e acampados do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), regional da Chapada Diamantina, ocuparam nesta segunda feira (27) a prefeitura do município de Itaetê. Os manifestantes querem apresentar à prefeita Lenise Estrela (PSB) a pauta com as demandas dos Assentamentos e Acampamentos do MST. De acordo com dados apurados pelo Jornal da Chapada, as demandas envolvem construção de escolas e creches, postos de saúde, investimentos em produção, maquinário e toda a infraestrutura necessária para as famílias que lutam por terra na região. Nesta terça-feira (28), os manifestantes continuam a ocupação e aguardam um atendimento de membros da prefeitura.

Atualmente a regional do MST na Chapada Diamantina tem cerca de 10 mil trabalhadores rurais organizados. Para que essas famílias tenham melhor qualidade de vida, segundo informam os manifestantes, é necessário que também os municípios desenvolvam ações concretas. "Os municípios têm que investir em diversos setores como infraestrutura, produção, saúde e principalmente a educação do campo que hoje é uma luta dos movimentos sociais. Essa educação tem que ter como base trabalhar a realidade do educando sem perder de vista a realidade externa que vive e tem como centralidade o ser humano”, aponta um dos ocupantes.

Um texto entregue ao representante do Jornal da Chapada relata um histórico de estagnação das atividades de reforma agrária dos governos estadual e federal. "Nos últimos anos, pouco ou nada foi feito para uma verdadeira reforma agrária. Os governos têm dado prioridade ao modelo agrícola do agronegócio, baseado na grande propriedade ‘modernizada’ que usa elevadas quantidades de agrotóxicos, gera poucos empregos e produz somente para exportação, esquecendo a soberania alimentar”.

Ainda de acordo com o texto, os ocupantes dizem que nesse processo de luta a experiência comprovou que só conquistar a terra não é suficiente, outras conquistas foram e ainda são necessárias. "Compreendemos a importância da parceria do governo municipal no avanço da reforma agrária, principalmente em uma região onde a seca tem castigado a população, que alias é a pior dos últimos 40 anos”.

Fonte: Bocão News

Category: NOTÍCIAS | Views: 449 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa