Quinta-feira, 2024-05-23, 5:11 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Julho » 29 » RORAIMA: GAROTA É ACHADA BÊBADA EM RODOVIA APÓS ESTUPRO COLETIVO
2:19 PM
RORAIMA: GAROTA É ACHADA BÊBADA EM RODOVIA APÓS ESTUPRO COLETIVO

A garota de 13 anos que foi vítima de um estupro coletivo na tarde de terça-feira (28) aguarda familiares para receber alta do Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista, onde segue internada nesta quarta (29). Segundo funcionários da unidade, a adolescente está consciente e passa bem. Ela foi encontrada alcoolizada no meio da rodovia RR-205 e, de acordo com policiais militares, teria sido estuprada por quatro adolescentes.

Um adolescente de 15 anos chegou a ser apreendido na tarde de terça-feira (28) suspeito de participar do crime. Ele foi ouvido e liberado. A polícia disse que vai intimar os demais suspeitos para esclarecer o envolvimento de todos.

Segundo um servidor da unidade, quando chegou ao hospital, a garota estava coberta de lama. Ele disse que ela demonstrava estar bêbada e também dava sinais de agitação."Ela não falou sobre o que tinha acontecido, mas estava elétrica e foi logo medicada", afirmou.

Outro servidor afirmou que, após passar a noite no hospital, a garota acordou bem, mas permanece deitada. Ele disse que ela apenas aguarda os familiares para sair da unidade. "Como chegou aqui [hospital] com as roupas que usava ontem, ela também não tem roupas adequadas para deixar a unidade", disse.

Crime
Conforme a delegada responsável pelo caso, Eliane Gonçalves, dois grupos de adolescentes estavam no açude desativado no bairro Cidade Satélite, na zona Oeste de Boa Vista. Em um destes grupos, a menor de 13 anos e os demais suspeitos bebiam. Ela teria sido abusada pelos colegas de um dos grupos por mais de duas horas, segundo a polícia.

O outro grupo de adolescentes que estava no açude, e não teria participado da violência, interrompeu o crime e levou a garota até a rodovia.

Ela foi socorrida por uma mulher que passava no local. Esta mulher chamou a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

"Esse rapaz a tirou do meio dos jovens e a carregou nos ombros. Ele a deixou na direção de onde ela disse que morava e foi embora. Pessoas que passavam no local viram a menina e pediram ajuda", disse a delegada.

Após a jovem ter sido encontrada, a PM soube que, antes de ter ido à rodovia, ela estava  bebendo no açude. Os policiais foram ao local, onde encontraram apenas dois suspeitos.

Um deles, de 15 anos, admitiu a participação no crime, mas contou que os outros envolvidos já tinham deixado o lugar. O outro, de 17 anos, negou a participação e disse que a garota ficou embriagada e se 'ofereceu' para eles.

Como a adolescente não pode ser ouvida e nem o exame de Corpo de Delito havia sido feito até a noite de terça, a delegada disse que os adolescentes foram liberados.

O de 15 anos deve responder em juízo. Os outros envolvidos já foram identificados e serão intimados para prestar depoimentos e poderão responder por estupro de vulnerável.

"Não ouvi o depoimento da vítima porque ela [adolescente] estava impossibilitada de vir à delegacia e ainda não há o exame de Corpo de Delito. Além disso, nenhum representante legal dela ou responsável veio reclamar sobre o abuso. O que a estuprou responderá em juízo", informou. Após ser liberada do hospital, a garota deverá ser submetida ao exame de Corpo de Delito.

O caso foi encaminhado à Delegacia da Infância e Juventude (DDIJ). O Conselho Tutelar responsável pela área onde ocorreu o crime ainda não foi informado oficialmente para acompanhar o caso.

 
FONTE: G1
Category: NOTÍCIAS | Views: 526 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 6
Convidados: 6
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa