Segunda-feira, 2024-05-20, 10:16 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Maio » 14 » POLÍCIA PEDE PRISÃO PREVENTIVA DOS ACUSADOS DE MATAR DENTISTA QUEIMADA
3:40 PM
POLÍCIA PEDE PRISÃO PREVENTIVA DOS ACUSADOS DE MATAR DENTISTA QUEIMADA


O delegado Roberto Bueno Menezes, do 2° DP de São Bernardo, concluiu o inquérito sobre a morte da dentista Cinthya Magaly Moutinho, de 47 anos, que foi queimada em seu consultório durante um assalto no dia 25 de abril. O documento foi encaminhado à Justiça na quinta-feira (09).

Menezes pediu a prisão preventiva dos três acusados pelo crime: Jonatas Cassiano Araújo, de 21, Victor Miguel de Souza, de 25, e Thiago de Jesus Pereira, também de 25 anos, que já estão detidos temporariamente. O delegado também pediu a permanência do adolescente de 17 anos, acusado de botar fogo na vítima, na Fundação Casa.

 
"Concluímos o inquérito 15 dias antes do prazo para ele ser bem apreciado pela Justiça. Entendo que a prisão preventiva tem respaldo legal neste caso, até pela periculosidade e pela frieza dos indiciados. Acredito que eles não devem aguardar o julgamento em liberdade”, afirmou o delegado.

 
O caso


Cinthya foi queimada viva em 25 de abril enquanto atendia uma paciente no consultório que mantinha em casa, onde morava com os pais aposentados e uma irmã portadora de deficiência.

Apontado como líder do bando, Victor e o adolescente mantiveram a dentista em cativeiro, a cobriram com álcool e passaram a ameaçá-la com um isqueiro. Enquanto isso, Jonatas foi a um posto de gasolina para sacar o dinheiro da conta da vítima. Thiago aguardava num Audi A3 preto para preparar a fuga.

 
No caixa, Jonatas verificou que Cinthya tinha apenas R$ 30 e avisou os comparsas por celular. Irritado com a notícia, o adolescente resolveu atear fogo na vítima, segundo a polícia. O jovem confessou o crime e depois negou, em um vídeo gravado pela polícia. Uma testemunha que estava no consultório, porém, confirmou que foi ele quem ateou fogo.

Fonte: Correio

Category: NOTÍCIAS | Views: 395 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 54
Convidados: 54
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa