Quarta-feira, 2024-05-29, 5:53 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Dezembro » 29 » ACAJUTIBA: OPERAÇÃO POLICIAL LIBERTA JOVEM QUE FICOU REFÉM POR CINCO HORAS EM MERCADINHO, VEJA VÍDEO
1:24 PM
ACAJUTIBA: OPERAÇÃO POLICIAL LIBERTA JOVEM QUE FICOU REFÉM POR CINCO HORAS EM MERCADINHO, VEJA VÍDEO

Uma adolescente foi mantida refém por 5 horas dentro de um mercadinho em Acajutiba na tarde de sábado (28). Segundo a imprensa local, Antonio Maximo Almeida foi detido e levado à Coordenadoria Regional, em Alagoinhas, onde deve ficar preso, depois de sofrer uma tentativa de linchamento por parte de populares que acompanhavam o desenrolar da ação do lado de fora do estabelecimento.

Segundo o capitão Saulo Figueiredo, da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Litoral Norte), Antonio chegou ao local por volta das 11h e depois, usando um caco de vidro, fez a garota de 13 anos refém. A menina é filha da dona do mercado, que também estava no local. "A motivação a gente não sabe ainda. Ele expulsou todo mundo (de dentro do mercado), ameaçando ela de morte", conta o capitão.

De acordo com o PM, Antonio estava muito agitado, mas alterava com momentos de ficar distraído, com olhar perdido. "A gente pode identificar que ele estava psicologicamente abalado", diz o capitão, sobre boatos de que Antonio teria problemas mentais. "A gente não tem evidências ainda para afirmar que ele tem problema mental ou estava sob efeito de álcool", acrescenta o capitão. Testemunhas informaram que o rapaz seria usuário de drogas, mas essa informação não foi oficialmente confirmada.

Durante as 5 horas, Antonio repetia constantemente que estava sendo perseguido e que "eles" queriam matá-lo, dizendo às vezes que quem iria matá-lo seriam os policiais. Em um momento, depois de horas de negociação, os policiais distraíram Antonio para que um sargento, que luta artes marciais, o imobilizasse.

Neste momento, mais de 500 pessoas estavam do lado de fora do mercadinho. Quando a polícia saiu com o suspeito, muitos tentaram linchá-lo. "Não fizemos o flagrante lá para não criar outra situação. A menina é muito querida no local", conta o capitão.

A garota teve ferimentos leves no pescoço e estava em estado de choque. Ela foi socorrida para um hospital da região, mas deve ir até a Coorpin com a mãe para ser ouvida.

 

Fonte: Correio/Acajutiva News.

Category: NOTÍCIAS | Views: 542 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 5
Convidados: 5
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa