Quinta-feira, 2024-06-20, 3:55 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Julho » 31 » 317 MUNICÍPIOS DA BAHIA SÃO CADASTRADOS NA PRIMEIRA ETAPA DO MAIS MÉDICOS
6:19 PM
317 MUNICÍPIOS DA BAHIA SÃO CADASTRADOS NA PRIMEIRA ETAPA DO MAIS MÉDICOS


Encerradas no último dia 25, as inscrições para o Mais Médicos, programa do governo federal, atingiram a marca de 317 municípios cadastrados na Bahia, nesta primeira etapa. O estado tem 417 municípios e o número representa 76% das cidades baianas. Um mapeamento realizado pelo Ministério da Saúde identificou 264 municípios baianos como prioritários.

As inscrições, no endereço eletrônico http://maismedicos.saude.gov.br, estavam disponíveis para todos os gestores interessados em levar os benefícios do programa para suas cidades. Por isso superaram a expectativa. Em todo o Brasil, no primeiro mês de inscrições, houve a adesão de 3.511 municípios, que equivalem a 63% do total de prefeituras no país e a 92% das consideradas prioritárias para o programa. Juntas, essas cidades apresentaram demanda e capacidade para terem 15.460 médicos atuando na atenção básica. A segunda etapa de adesão começa em 15 de agosto.

Desde o lançamento do edital, no dia 9 deste mês, 18.450 médicos se inscreveram no programa. Neste universo, os filtros estabelecidos pelo Ministério da Saúde para evitar inscrições de quem não tinha real interesse em atender à população de municípios do interior e da periferia das grandes cidades identificaram 8.307 pedidos de participação com números inválidos de registro em conselhos regionais de medicina (CRMs).

Para se inscrever, os médicos tiveram que indicar seis opções de cidades, entre as 3.511 participantes, onde desejam trabalhar. Também foi apontada a inscrição de 1.270 médicos residentes, que terão de formalizar o desligamento de seus programas de especialização antes de homologar sua participação no Mais Médicos.

Em caso de dúvida, os profissionais podem acessar o portalwww.saude.gov.br.

 O programa

Lançado no dia 8 deste mês, o Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades.

Os médicos do programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo, e farão especialização em atenção básica durante os três anos do programa.

O governo federal está investindo, até 2014, R$ 15 bilhões na expansão e na melhoria da rede pública de saúde de todo o Brasil. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 unidades de pronto- atendimento (UPAs 24h) e de 16 mil unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs, além de R$ 2,1 bilhões para 14 hospitais universitários.

Fonte: SECOM

Category: NOTÍCIAS | Views: 441 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 11
Convidados: 11
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa