Sexta-feira, 2021-12-03, 8:44 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2010 » Agosto » 16 » VITÓRIA SE VINGA DO SANTOS APLICANDO GOLEADA
11:19 PM
VITÓRIA SE VINGA DO SANTOS APLICANDO GOLEADA

Definitivamente, o Vitória está recuperado da derrota na Copa do Brasil. Neste domingo, 15, o rubro-negro dominou o Santos, algoz da final do torneio, e venceu otime paulista por 4 a 2. Em grande partida do garoto Henrique, que marcou dois gools, o Leão se afastou da zona do rebaixamento e subiu ao 14º lugar no campeonato Brasileiro.

A equipe baiana volta a jogar nesta quinta-feira, 19, contra o Palmeiras, pela Copa Sul-Americana, no Pacaembu. Pela Série A, enfrenta o Cruzeiro, em Minas Gerais, às 18h30 do próximo domingo, 22.

Henrique foi o grande artífice da vitória rubro-negra (Foto: Lúcio Távora / Ag. A TARDE)

O jogo

Procurando dar o troco no Santos pela perda do título da Copa do Brasil, o Vitória começou a partida sufocando o adversário. E a sua pressão inicial surtiu efeito quando aos 20, os donos da casa chegaram ao seu gol. Elkeson fez a jogada pela esquerda e cruzou na área, buscando Henrique.

O jovem atacante aproveitou que Schwenck chamou a atenção da defesa do Peixe, para se antecipar aos zagueiros e, de cabeça, tocou para o fundo das redes, abrindo o placar para os baianos.

Melhor em campo, o Rubro-Negro aproveitou que os santistas não conseguiam impor o seu ritmo de jogo, para ampliar a vantagem no placar. Aos 25, a zaga alvinegra afastou mal a bola, em cobrança de falta. Na sobra, a bola voltou para a grande área e o zagueiro Wallace ganhou a disputa com o goleiro Felipe, para fazer o segundo do Vitória.

O segundo tento baiano fez com que o Santos procurasse se arriscar mais no ataque. E, aos 29, a tática deu resultado. Paulo Henrique arriscou um forte chute de fora da área, Lee defendeu parcialmente, Maranhão tocou para Marcel que, na força, ganhou espaço para finalizar e descontar para o Peixe: 2 a 1.

Só que antes do intervalo, o Rubro-Negro aproveitou um erro do passe de Danilo para, em rápido contra-ataque, chegar ao terceiro gol. Henrique recebeu na grande área e tocou no canto direito de Felipe, no último minuto do primeiro tempo.

Insatisfeito com o resultado e a produção de seu time, o técnico Dorival Júnior resolveu mexer na equipe. O treinador santista abriu mão do esquema com três volantes ao tirar Rodriguinho para a entrada de Marquinhos. No Vitória, o técnico Toninho Cecílio fez o contrário, ao abrir mão do meia Ramon para a entrada do volante Neto Coruja.

Com essas modificações, o Alvinegro Praiano passou a ser mais presente no ataque. Aos nove, após cruzamento da esquerda de Zé Eduardo, a bola sobrou para Maranhão, que acertou o travessão de Lee. Na sequência do lance, a bola saiu pela linha de fundo, em tiro de meta para os donos da casa.

Sentindo o bom momento, Dorival resolveu, aos 14, tirar Marcel para a entrada de Madson, procurando dar mais velocidade ao time. E conseguiu. Isto porque, aos 22, o ?baixinho' lançou Zé Eduardo pelo lado esquerdo da grande área. O atacante pegou de primeira, com a perna esquerda, sem chances para Lee.

Mas a reação santista acabou sendo freada pelo pênalti de Edu Dracena, que cortou com a mão, um cruzamento de Egídio. Dracena, que já tinha um cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso. Aos 26, na cobrança da penalidade, Schwenck fez o quarto do Vitória, decretando o triunfo dos baianos.

O Vitória ainda poderia ter ampliado o marcador, aos 29, se não fosse Felipe ao defender um forte chute de Elkeson. Dois minutos depois, Elkeson teve mais uma oportunidade para fazer o quinto gol baiano, mas Arouca o atrapalhou, fazendo com que a bola chagasse devagar as mãos de Felipe.

Sem conseguir mais pressionar o Rubro-Negro, o Santos ainda perdeu mais um jogador expulso. Marquinhos fez falta dura e foi expulso, aos 41 minutos. Após esse lance, o Vitória tratou de administrar o resultado até o apito final do árbitro.

Vitória 4 x 2 Santos
Partida válida pela 14ª rodada da Série A

Data: 15/08/2010
Horário: 18h30
Local: Barradão

Vitória: Lee, Eduardo, Wallace, Ânderson Martins e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Ramon e Elkeson; Henrique e Schwenck. Técnico: Toninho Cecílio

Santos: Felipe, Pará, Edu Dracena, Durval e Maranhão; Rodriguinho, Arouca, Danilo e Paulo Henrique Ganso; Zé Eduardo e Marcel. Técnico: Dorival Júnior

Gols: Henrique, aos 19 e 47 do 1º tempo, Wallace, aos 25 do 1º tempo, Marcel, aos 29 do 1º tempo; Zé Eduardo, aos 22 do 2º tempo, Schwenck, aos 26 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Anderson Martins, Wallace e Ricardo Conceição (Vitória); Arouca, Rodriguinho, Edu Dracena e Zé Eduardo (Santos)
Cartões vermelhos: Edu Dracena e Marquinhos (Santos)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Thiago Gomes Brígido (CE)
Category: ESPORTES | Views: 435 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa