Quinta-feira, 2021-12-09, 7:22 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2010 » Novembro » 19 » VACINA CONTRA DENGUE Só DAQUI A 5 ANOS
5:55 PM
VACINA CONTRA DENGUE Só DAQUI A 5 ANOS

Está em estudo, no Espírito Santo, uma solução final para a doença que, mesmo com prevenção, todos os anos assusta a população brasileira. Trata-se de um protótipo de vacina para dengue, que está sendo testado em seres humanos, mas deverá ser aprovado para uso dentro de três a cinco anos. Neste ano, houve 936.200 notificações em todo o País, até o dia 10 de outubro. Foram 14.342 casos da forma grave, com 592 pessoas mortas no Brasil. Em 2009, foram 8.714 casos graves, com 312 óbitos. Em Salvador, segundo o secretário da Saúde de Salvador,José Rodrigues, há 1,7 mil agentes de endemias, número considerado por ele suficiente para realizar operações contra a doença. Ele declarou que a equipe deve receber reforço de 150 trabalhadores temporários durante o verão, para repor na equipe os que estarão de férias.

DESCOBERTO ‘ANTIVíRUS’ QUE COMBATE A DENGUE
Cientistas da Escola de Medicina da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, descobriram que o corpo humano possui um sistema de segurança natural contra os vírus. Assim como um antivírus desatualizado em um computador, esse 'programa' já foi burlado pelos agentes infecciosos há milênios. Com base nessa descoberta, os pesquisadores querem desenvolver maneiras de proteger o corpo de doenças como dengue, febre amarela e SARS (síndrome respiratória aguda grave). A história dessa pesquisa começou há 35 anos, quando o médico Bernard Moss, do Instituto Nacional de Saúde dos EUA, reparou que alguns vírus (como o da varíola) protegiam sempre as duas mesmas partes de seu RNA com o que denominou 'capas'. O RNA é um código, produzido a partir do DNA, que comanda a produção das proteínas de um organismo. O estudo liderado pelo PhD Michael S. Diamond inseriu em ratos uma versão mutante do vírus do oeste do Nilo, incapaz de incorporar a segunda capa a seu RNA. Mesmo depois de longa observação, os ratos não tinham sido infectados. Em seguida, os cientistas injetaram o mesmo vírus em ratos impossibilitados de absorver a proteína interferon, que tem um papel muito importante na reação defensiva do organismo. Nesse caso, os ratos ficaram doentes, sugerindo que essa proteína protege as células de vírus. "Agora que sabemos para que servem essas capas, talvez consigamos desenvolver inibidores que impeçam os vírus de 'encapar' o seu RNA”, explica Diamond.

Category: CIÊNCIA | Views: 469 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa