Terça-feira, 2021-11-30, 1:30 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2010 » Agosto » 19 » TRABALHO ESCRAVO NO INTERIOR DA BAHIA
10:01 PM
TRABALHO ESCRAVO NO INTERIOR DA BAHIA

 
Um grupo de 17 adultos e 04 jovens menores de 18 anos foi libertado de condições análogas à escravidão em uma fazenda de café, na cidade de Barra do Choça, no sudoeste da Bahia. Arregimentados da periferia de Vitória da Conquista, os empregados eram submetidos a condições degradantes no trabalho e no alojamento. De acordo com o coordenador do grupo de fiscalização rural da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado (SRTE), Joatan Gonçalves Reis, os trabalhadores também estavam "presos" por dívidas contraídas para a compra de alimentos básicos. Eles recebiam diariamente fichas de produção que eram utilizadas como moeda para compra da alimentação e outros produtos no armazém instalado na propriedade. As dívidas se multiplicavam por conta do pouco que efetivamente recebiam pelo trabalho. Nos cálculos apresentados pelo técnico, os libertados recebiam R$ 2,50 por cada lata de 20 kg de café colhido, o que garantia semanalmente um salário aproximado de R$ 70. Após a libertação dos explorados, o proprietário do cafezal, Paulo Roberto Bastos Viana, se recusou a pagar as verbas rescisórias a que eles tinham direito. Ele alegou que só poderá arcar com os valores, que chega a R$ 25 mil, no final da colheita. Diante da recusa, o auditor encaminhou uma cópia do relatório da inspeção ao Ministério Público do Trabalho (MPT), que deve entrar com uma ação contra o fazendeiro.
Category: NOTÍCIAS | Views: 511 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa