Domingo, 2022-12-04, 2:05 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Agosto » 5 » SETOR FLORESTAL DEVE AUMENTAR EM 15% O NÚMERO DE EMPREGOS NA BAHIA
3:40 PM
SETOR FLORESTAL DEVE AUMENTAR EM 15% O NÚMERO DE EMPREGOS NA BAHIA

A Bahia é o quinto lugar no ranking dos estados brasileiros produtores de florestas, representando aproximadamente 10% da área total plantada no País, que atualmente é de 7 milhões de hectares. Segundo a Associação Baiana de Empresas de Base Florestal (Abaf), o setor tem andando na contramão do cenário econômico nacional. Desde 2013, entidade registra um crescimento anual de 6,5%, sempre em relação ao ano anterior. A expectativa até 2018 é o desenvolvimento acima desta média.

A área de plantação deve ser ampliada em um prazo estimado de três anos. Cerca de 300 mil hectares adicionais passa por um processo de plantio. Até 2018, o estado pode contar com um terreno produtivo de um milhão de hectares, o que deve aumentar em 15% o número de empregos. A importância é evidente. Somente o setor florestal baiano representa 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia, registrado em R$9,02 bilhões, e 14,9% das exportações do setor florestal brasileiro, que em 2014 atingiu a marca de US$ 1,67 bilhão. 

“A produtividade da Bahia, devido ao clima, solo e sol que temos no Nordeste, faz um diferencial grande”, enfatiza o diretor-executivo da Abaf, Wilson Andrade, ressaltando ainda que a Bahia tem a maior produtividade do mundo em metros cúbicos por hectare ao ano. “O território baiano produz em média 45 metros cúbicos por hectare/ano, enquanto a média brasileira é 33 metros cúbicos por hectare/ano. A média dos países concorrentes do Brasil também é inferior - não passa de 25. A base florestal é um setor que não está sofrendo os efeitos da crise econômica”. 

As 95 empresas de base florestal que atuam na Bahia são responsáveis por 300 mil empregos, entre diretos, indiretos e de efeito-renda. Com a expectativa do Brasil ampliar o segmento de 7 milhões para 14 milhões de hectares em dez anos, as oportunidades em solo baiano devem aumentar. Não são poucos os atrativos do estado para investimentos. 

Ainda de acordo com o gestor da Abaf, a Bahia possui outros dois recordes em relação aos outros estados brasileiros. O primeiro é em área protegida. Para cada hectare plantado os produtores conseguem preservar quase um outro hectare (0,7 de hectare). A outra vantagem diz respeito às certificações. 

“As áreas, devidamente plantadas e protegidas, têm um grande incentivo quando fazem a certificação, isso em nível nacional e internacional. A certificação cobre não somente as especificações técnicas, produtivas e da qualidade da madeira, mas também as responsabilidades ambientais e sociais das atividades de suvicultura”, explica Andrade. 

Ampliação

Uma das principais variedades cultivadas na Bahia é o eucalipto. O vegetal representa 95% dos 700 mil hectares plantados em território baiano, que é dividido em quatro pólos principais - sul, litoral norte, oeste e sudoeste. A cultura, segundo Andrade, tem a possibilidade de produção de quase 50 metros cúbicos por hectare, o que é bem diferente das madeiras nobres. Se bem tratado e plantado, tem condições de competir com madeiras de lei, como o cedro, jacarandá e jatobá. “Comparado as madeira de lei, o eucalipto leva vantagem. A madeira de lei demora entre 20, 30 e, às vezes, até 40 anos para a colheita. Já o eucalipto já pode colhido entre cinco e dez anos, a depender das finalidades” explica o diretor da Abaf. 

Cada região, onde estão localizados os principais polos de plantação, está adequada ao solo, clima e índice de chuvas. Isso contribuiu para a diversificação da utilização final da madeira. “Nós não usamos apenas para papel e celulose, como era no passado. Usamos também na construção civil, no processamento de minerais, e também, e muito, na produção de energia elétrica, a partir da biomassa da madeira”, diz Andrade. 

Category: NOTÍCIAS | Views: 237 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa