Domingo, 2021-11-28, 6:50 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2010 » Setembro » 18 » SEGUNDO MACARRÃO GOLEIRO BRUNO JÁ TENTOU SE MATAR NA PRISÃO
9:19 PM
SEGUNDO MACARRÃO GOLEIRO BRUNO JÁ TENTOU SE MATAR NA PRISÃO
http://odia.terra.com.br/portal/rio/fotos/10/09/17_quaresma_paraujo575.jpg
O goleiro Bruno e o amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão, se recusaram a prestar depoimento, nesta sexta-feira, no Fórum de Jacarepaguá, na Zona Oeste. Eles se reservaram ao direito de ficar em silêncio durante a audiência de instrução e julgamento no processo de sequestro e lesão corporal movido pela ex-amante do atleta Eliza Samudio, em outubro de 2009. Antes de acabar a sessão, Macarrão quis fazer uma única declaração. Segundo ele, os dois estão presos há mais de 70 dias e "não estão aguentando mais". Ele confessou ao juíz que Bruno já tentou se matar várias vezes dentro da prisão.
A declaração de Macarrão foi confirmada pelo advogado Ércio Quaresma, que faz a defesa de Bruno. Quaresma acrescentou que o goleiro está deprimido e que vai pedir ajuda psiquiátrica para ele. Bruno passou mal e desmaiou em uma cela do fórum, antes de começar o julgamento. Ele teria sofrido uma queda de glicose.
O juiz deu cinco dias para as alegações finais da defesa e acusação. Depois, a sentença será dada em 30 dias. Bruno e Macarrão foram autorizados a voltar para Minas Gerais.
O maior ídolo do Flamengo, Zico, foi o centro das atenções durante a audiência. O promotor Eduardo Paes, disse ao juiz Marco José Mattos Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, que antes de fazer uma pergunta a Zico, gostaria de um autógrafo do diretor de futebol do clube rubro-negro. Para surpresa de todos, Zico escreveu sua assinatura em um papel para o promotor e a audiência continuou.
A mãe de Eliza Samudio, Sônia Fátima Moura, teve uma crise de choro e teve que deixar a sala de audiência, por volta de 14h30, quando o goleiro se recuperou e entrou na sala do julgamento. Com a ausência no início da sessão, o atleta deixou de acompanhar os depoimentos de Patrícia Amorim, do jogador Leonardo Moura, e do ídolo rubro-negro Zico. Nenhum dos depoimentos, entretanto, comprometeu o ex-capitão do Flamengo.
Além do goleiro, o amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão, também participou da sessão. Eles estavam algemados, com as cabelos raspados e vestindo uniformes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape).
O juiz Marco José Mattos Couto autorizou a transferência de Bruno e Macarrão para Minas Gerais, onde ocorre a investigação sobre o desaparecimento de Eliza Samudio. Não há previsão, no entanto, de que isso aconteça. O juiz tem 40 dias para dar o parecer sobre o caso.
Category: NOTÍCIAS | Views: 433 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa