Domingo, 2022-09-25, 2:35 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2014 » Setembro » 13 » SALVADOR: QUATRO PESSOAS SÃO PRESAS SUSPEITAS DE ENVOLVIMENTO EM CHACINA
10:49 AM
SALVADOR: QUATRO PESSOAS SÃO PRESAS SUSPEITAS DE ENVOLVIMENTO EM CHACINA

Quatro suspeitos de envolvimento na chacina, ocorrida em maio deste ano, no bairro de Marechal Rondon, foram apresentados à imprensa, nesta sexta-feira (12), no Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), na Pituba.

Um dos principais suspeitos de ter sido mandante da chacina, conhecido como “Índio”, está entre os presos. De acordo com a polícia, todos foram presos entre os dias 6 e 11 de setembro. Mais de 1,5 quilo de drogas, entre maconha e cocaína, e três revólveres, todos de calibre 38, foram apreendidos pelos policais ao prenderem os três homens e uma mulher.

A polícia ainda informa que um casal foi encontrado no bairro de Pirajá, em Salvador e os outros dois homens na Ilha de Itaparica e em Camaçari.

De acordo com as investigações da polícia, a chacina ocorreu em represália à prisão de três integrantes da quadrilha de “Índio”, capturados no dia 14 de maio, durante operação das Polícias Civil e Militar.

Na operação, o homens trocaram tiros com a polícia e um deles invadiu a casa das vítimas da chacina, mas logo foi localizado e preso.

Os suspeitos vendiam drogas em via pública quando foram abordados pelos policiais. Eles foram conduzidos à delegacia na operação e autuados em flagrante por tráfico, associação para o tráfico, tentativa de homicídio e porte ilegal de munição de uso restrito. Entre eles havia um ex-PM que responde a um inquérito no DHPP por homicídio e trabalhava como segurança da quadrilha de “Índio”.  

O crime
Quatro pessoas foram assassinadas em uma chacina e uma teve o corpo queimado após cerca de quatro suspeitos invadirem uma residência no bairro de Marechal Rondon, em Salvador. As informações são Central de Polícias (Centel).

O crime ocorreu por volta de 20h31 de quarta-feira (14). De acordo com o órgão, as vítimas fatais foram baleadas e queimadas dentro da residência. Segundo o Posto Policial do Hospital Geral do Estado (HGE), uma das vítimas, que sobreviveu ao atentado, deu entrada na unidade com 99% do corpo queimado.

Na quinta-feira (15), dia seguinte a chacina, a única vítima que chegou a ser internada no HGE, morreu. O homem de 39 anos tinha queimaduras graves pelo corpo e não resistiu aos ferimentos.

O crime aconteceu na Rua Lígia Maria, em Marechal Rondon. A chacina teria sido motivada por uma retaliação contra a prisão de dois traficantes no bairro de Marechal Rondon. De acordo com a polícia, dois suspeitos do tráfico de drogas foram detidos após se esconderem na casa das vítimas. Após a prisão dos homens, um traficante da região, conhecido como "Índio", teria ordenado a comparsas a morte dos moradores, que seriam da mesma família, por achar que foram eles quem denunciaram os criminosos.

Fonte: G1.com/Ba

Category: NOTÍCIAS | Views: 248 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 6
Convidados: 6
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa