Terça-feira, 2020-08-11, 4:13 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Setembro » 11 » SALVADOR: MULHER LIDERAVA QUADRILHA QUE ROUBOU MAIS DE CEM CARROS
8:41 PM
SALVADOR: MULHER LIDERAVA QUADRILHA QUE ROUBOU MAIS DE CEM CARROS

Uma quadrilha especializada em roubo, furto e receptação de veículos, com ramificações em Salvador, Feira de Santana, Juazeiro e também nos estados de Sergipe e Pernambuco, foi desarticulada pela Polícia Civil, no fim de semana, com as prisões da líder do bando, a ex-presidiária Jaíra Fagundes Moreira de Araújo e de dez comparsas.

Entre os capturados estava a estudante de Psicologia, Jaiara Fagundes de Araújo, filha da criminosa, cujo bando subtraiu este ano cerca de 100 veículos que, depois de adulterados, eram revendidos no interior baiano e em estados vizinhos.

Coordenada pelo Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), a "Operação Leoa” foi deflagrada simultaneamente, na quinta-feira (6), na Bahia – Salvador, Feira de Santana e Juazeiro – em Pernambuco – Petrolina – e em Sergipe, prosseguindo no fim de semana. Além de quatro flagrante, os policiais cumpriram oito mandados de prisão preventiva e um de temporária, expedidos pelo juiz Wolney de Azevedo Perrucho Júnior, titular da 14ª Vara Crime da Capital.

Com o apoio das policiais civis de Pernambuco e Sergipe, participaram da operação equipes do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Juazeiro), da Coordenadoria de Operações Especiais (Coe), da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV) e da Delegacia de Furtos e Roubos (DRFR/Juazeiro).

Um Uno, um Voyage e um Strada foram apreendidos em Juazeiro pelos policiais, que já identificaram em Sergipe 17 carros roubados pelo bando. A Justiça já expediu mandados de busca e apreensão desses veículos e os compradores, depois de identificados, serão autuados e indiciados em inquérito por crime de receptação.

Além de Jaíra, presa em flagrante em Juazeiro quando entregava um carro roubado a um comparsa, e da filha Jaiara, estão presos à disposição da Justiça o estelionatário Valdeci Costa de Jesus, os receptadores José Sandro, Valteílton Alves Cruz, Edcarlos dos Santos, José Rodrigues, Wellington dos Santos Silva e Edemir Cardoso dos Santos, o ex-marido de Jaíra, Luiz Cláudio Santos da Silva, e o assaltante Cleiton Correia Gomes, namorado da líder do grupo. Já Ilmar Brito Tavares, um dos responsáveis pelos roubos dos carros, trocou tiros com uma guarnição da DRFRV, no bairro do Barbalho, em Salvador, e morreu no local. Seu revólver, de calibre 38, está apreendido.

O diretor do DCCP, delegado Cleandro Pimenta, e o titular da DRFRV, delegado Nilton Borba, apresentaram à imprensa, nesta segunda-feira (10), no edifiício-sede da Polícia Civil, na Piedade, José Rodrigues, Edcarlos, Valdeci e Luis Cláudio (servidor do Presídio de Feira de Santana) e Jaiara, responsável por copiar placas originais de veículos para posterior clonagem. A líder da quadrilha está custodiada em Juazeiro, onde foi presa em flagrante quando repassava um veículo para Edemir, também preso durante a abordagem. O restante do grupo foi capturado em Sergipe e em Pernambuco.

Pizzaria

Investigada desde abril deste ano, a quadrilha agia preferencialmente na orla marítima de Salvador e Região Metropolitana. Depois de roubados, os carros eram adulterados, tendo a numeração do chassi, dos vidros e da placa modificada. A documentação também era falsificada.  Posteriormente, os criminosos levavam os automóveis para o interior da Bahia, Sergipe e Pernambuco, revendendo-os, em média, por R$ 6,5 mil. Veículos novos, sobretudo Fiat Strada, eram os alvos preferenciais de Jaíra e cúmplices.

Trinta e nove anos de idade, boa aparência, ex-proprietária de um parque de diversões em Minas Gerais e morando num apartamento alugado no Rio Vermelho, em Salvador, a ex- presidiária Jaíra Fagundes Moreira de Araújo vinha comandando um bem articulado esquema de roubo e receptação de carros, que, segundo avaliação do delegado Cleandro Pimenta, movimentou este ano cerca de R$ 600 mil. "O grupo subtraía cerca de três carros por semana”, ressaltou.

A policia apurou que parte do dinheiro procedente do crime era investido por Jaíra na Pizzaria Veritã, no Nordeste de Amaralina, pertencente à filha Jaiara e ao genro. As investigações também indicam que a criminosa teria pago à vista a anuidade do colégio privado, frequentado por outra filha, num bairro da orla marítima. A maioria dos ex-maridos da criminosa também tinha envolvimento com delitos, dentre eles o assaltante de banco "Hildão”, morto este ano em Tocantins, após roubar uma instituição financeira.


Fonte: SSP/BA

Category: NOTÍCIAS | Views: 881 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 5
Convidados: 5
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa