Terça-feira, 2022-09-27, 5:10 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Outubro » 27 » SALVADOR: INCÊNDIO CRIMINOSO PÕE 15 FAMÍLIAS EM RISCO NO BAIRRO DE SÃO RAFAEL
2:38 PM
SALVADOR: INCÊNDIO CRIMINOSO PÕE 15 FAMÍLIAS EM RISCO NO BAIRRO DE SÃO RAFAEL

Um incêndio criminoso por pouco não causa uma tragédia na madrugada desta terça-feira (27), em Salvador. Por volta das 3h, 15 famílias residentes no edifício Ilha de Sotavento, no condomínio Recanto das Ilhas, no bairro de São Rafael, foram surpreendidas com as chamas e muita fumaça que percorria os três andares do prédio. "Acordei com meu filho me chamando e senti de imediato um forte calor vindo da porta", relatou a moradora Luziana Rita Castro, 58 anos, que além do filho, reside no apartamento com o marido. 

Segundo os moradores, o autor do crime utilizou uma mistura de óleo diesel e gasolina em estopas colocadas minuciosamente em todos os andares. Conforme foi informado ao Bocão News, o suspeito seria um policial militar inconformado com o término de um relacionamento com uma jovem que reside no Ilha de Solavento.

Ainda segundo os relatos, a mãe da jovem em um ato de desespero, se jogou do terceiro andar e quebrou a bacia. A mulher, de prenome Lúcia, foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE) por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acompanhada da filha.

A moradora Rita Sarisa, 48, revelou à reportagem que por pouco não pulou do seu apartamento no segundo andar. "Eu ia me jogar pelo telhado. O desespero é tão grande que a gente nem sabe o que vai fazer", contou. Apesar de agir em todos os andares, o autor do incêndio não foi visto. "Foi um desespero", resumiu Marcele Bonfim, 36, que se mudou para o prédio no dia anterior. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter as chamas em 30 minutos. Após o procedimento, o prédio foi isolado e os condôminos foram orientados a esperar a Defesa Civil para avaliar a infraestrutura. Porém até o final da manhã, nenhuma equipe do órgão foi enviada ao local. "Procuramos a subprefeitura, a Polícia Militar e ninguém fez nada", disse um morador sem se identificar.

Fonte: Bocaonews 

Category: NOTÍCIAS | Views: 792 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 23
Convidados: 23
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa