Sábado, 2021-11-27, 0:05 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Fevereiro » 6 » SALVADOR: FUNCIONARIO DE EMPRESA TERCEIRIZADA DA UFRB RECLAMAM DE SALÁRIOS ATRASADOS
11:57 AM
SALVADOR: FUNCIONARIO DE EMPRESA TERCEIRIZADA DA UFRB RECLAMAM DE SALÁRIOS ATRASADOS

Cerca de 16 funcionários da empresa ARP Ambiental empresa que presta serviço a UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) procuraram o Voz da Bahia e denunciaram que estão sem receber os salários há 03 meses, e sofrem com essa situação. Um dos empregados da firma Roque Alves Conceição, residente na Rua Engenheiro Antônio Borges, em Santo Antônio de Jesus, comentou que eles estão preocupados com a rescisão, salários e fundo de garantia, que eles não sabem se está correto, disse ainda que cada dia é uma promessa diferente e nada é feito para melhorar a situação deles. Ainda conforme o trabalhador a diretoria da UFRB chamou-os e disse que não parassem, pois tudo ia ser resolvido e nada foi. A informação que chegou aos funcionários foi que na última sexta-feira (03) o salário deles estaria sendo pagos, mas ficou só na conversa.


Partes desses funcionários moram de aluguel e estão com contas atrasadas a pagar devido a essa situação. Em Santo Antônio de Jesus a empresa possui 16 funcionários prejudicados, usando a farda da empresa, porém sem saber para quem está trabalhando no momento. Roque comentou que o grupo está sem farda e possuem algumas com remendos. "Queremos o nosso direito e salário nada, além disso,”, destacou.


Valdirene Borges de Jesus, que está gestante outra funcionária da ARP, afirma que a situação está muito difícil e confirma o que Roque informou a nossa reportagem. Ela pede a empresa responsável que recorra e informe-os o que realmente está acontecendo. "Queríamos respeito por parte dessas autoridades, e que essas escolhessem melhor as empresas que decidem se afiliar para não resultar no sofrimento dos empregados”, desabafou.

Mareonice Batista, funcionária da empresa, desabafou que tem um filho de 2 anos, seu marido está desempregado e sem esse salário ela está acumulando contas de energia e água. Ela comentou ainda que o leite de seu filho está acabando e o gás de cozinha também.

Revoltados com essa situação os funcionários pedem uma solução, pois a empresa que segundo informações é de São Paulo está desvalorizando eles e fazendo-os passarem por necessidades.


Presidente Valdemir Souza, do SintracomSaj (Sindicato dos trabalhadores da
Construção Civil de Santo Antônio de Jesus) disse que foi ao local para fazer a fiscalização deparou-se com essa situação informou que é inadmissível esses trabalhadores passarem por isso, e que os órgãos públicos devem tomar as devidas providências. Ressaltou ainda que a direção da UFRB deva sentar para uma conversa com o grupo e dar uma solução para esse problem.

Fonte:Voz da Bahia

Category: NOTÍCIAS | Views: 358 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa