Terça-feira, 2021-12-07, 3:54 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2011 » Agosto » 27 » SALVADOR: ESTELIONATÁRIO QUE SE PASSAVA POR FISCAL DA SUCOM É PRESO
1:48 AM
SALVADOR: ESTELIONATÁRIO QUE SE PASSAVA POR FISCAL DA SUCOM É PRESO

Policiais militares da 16ª Companhia Independente prenderam, na tarde desta sexta-feira (26), no
bairro do Comércio, um homem conhecido como "Josuel Cardoso”. A identidade é falsa, mas o indivíduo tem "fama na praça”. Ele - que na verdade se chama Evandro Batista de Oliveira, 47 anos - é acusado de se passar por fiscal da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) para aplicar golpes em pequenos comerciantes da cidade. Quem explica a fraude é o verdadeiro titular da Sucom, Cláudio Silva.

"Temos informações de que ele vem atuando há mais de um ano. O cara verifica na nossa página na internet as empresas que entraram com o pedido de regularização. É um dado público. Diante disso, se apresenta no estabelecimento comercial oferecendo o serviço. De acordo com testemunhas, ele usa um crachá da Sucom, que deve ser falsificado, e cópias de fichas originais, que podem ser retiradas por qualquer pessoa nos postos de atendimento”.  


Cláudio Silva informa ainda que "a Sucom não faz nenhuma arrecadação utilizando fiscais, isso só feito por meio de um Documento de Arrecadação Municipal (DAM) , que nada mais é um guia de recolhimento de impostos e taxas municipais".

Evandro Batista foi abordado após aplicar um golpe numa lanchonete no bairro de Ondina, zona nobre da cidade. O "fiscal 171” se apresentou ao proprietário da casa comercial e disse que o letreiro da fachada estava em desacordo com a lei municipal que regula o serviço de publicidade. Então, ofereceu a possibilidade de regularizar a situação com o pagamento de R$ 300. O empresário, que preferiu não se identificar, pagou o valor solicitado. Mas, estranhou o fato do suposto funcionário da Sucom não chegar ao local num carro oficial e ter ido embora às pressas num ônibus.

A vítima seguiu o veículo e acionou a polícia. O acusado foi abordado nas imediações da empresa de telemarketing Contax. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Repressão a Estelionatos e Outras Fraudes (Dreof), na Baixa do Fiscal, onde, durante depoimento, admitiu as fraudes e alegou dificuldades financeiras e para saldar dívida com um agiota, que segundo ele, já foi quitada.


O acusado, que mora na Liberdade, confessou que agia há quase dois meses e se disse arrependido: "Eu errei, mas nunca mais vou passar nem perto da porta da Sucom".


Com ele foram encontrados documentos, dinheiro e comprovantes de depósito em nome
Paulo Grasso Saraiva, que segundo informações preliminares trata-se de um policial civil. O estelionatário ficará à disposição da Justiça na carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos, na Baixa do Fiscal, e vai responder por uma série de crimes, entre eles falsa identidade, uso de documento falso e falsificação de documento público.

Fonte/Fotos: Roberto Viana/Bocão News

Category: NOTÍCIAS | Views: 1034 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa