Terça-feira, 2021-12-07, 5:14 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2012 » Agosto » 9 » SALVADOR: ANTIQUÁRIOS SÃO PRESOS NO RIO VERMELHO
1:09 AM
SALVADOR: ANTIQUÁRIOS SÃO PRESOS NO RIO VERMELHO

O delegado André de Oliveira Alves, titular da Delegacia Territorial (DT) de Cachoeira, vai indiciar os antiquários Afonso Henrique Souto de Sá Magalhães, sua mulher, Samara Filgueiras Souto de Sá Magalhães, e Cristiane Musse, proprietária de uma loja de antiguidades no Rio Vermelho, pelo furto da escultura "Deus Grego Juno”, que sumiu, em 21 de março deste ano, do jardim interno do Hospital São João de Deus, pertencente à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira.


De valor incalculável, a obra foi devolvida, na tarde desta quarta-feira (8), pelo delegado ao Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira, Luiz Antônio Costa Araújo, seis dias após as investigações levarem a Polícia Civil aos autores do crime. Vistos por testemunhas usando o próprio veículo, um Fiat Siena, para transportar a peça, de aproximadamente 90 centímetros e 10 quilos, Afonso e a mulher foram localizados em Santo Antonio de Jesus e conduzidos à DT/Cachoeira, onde confessaram o furto e a venda da estátua para Cristiane, que pagou apenas R$ 3,5 mil.

Respaldado por um mandado de busca e apreensão, expedido pela Comarca de Cachoeira, o delegado foi até a loja de Cristiane, que disse, inicialmente, ter vendido a escultura para um colecionador de São Paulo. Segundo o delegado André Alves, a polícia agora vai investigar o envolvimento dos três antiquários em outros furtos de obras semelhantes, ocorridos na região do Recôncavo.


Fabricada em louça de Macau, no século XVIII, na cidade do Porto, em Portugal, o "Deus Grego Juno” é uma obra tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), cujo valor é inestimável. Os antiquários Afonso Henrique e Samara Magalhães vão responder por furto, enquanto Cristiane Musse responderá por crime de receptação. Os três permanecerão em liberdade até a conclusão do inquérito. O delegado André Alves investiga também a participação de uma quarta pessoa no crime.

Fonte: Bocãonews
Category: NOTÍCIAS | Views: 915 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa