Sábado, 2021-11-27, 0:42 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Outubro » 22 » SALVADOR: AGENTES DA TRANSALVADOR PARAM E VEÍCULOS FICAM VARIAS HORAS NO LOCAL DO ACIDENTE
10:13 AM
SALVADOR: AGENTES DA TRANSALVADOR PARAM E VEÍCULOS FICAM VARIAS HORAS NO LOCAL DO ACIDENTE

O carro capotou, o semáforo apagou. A moto bateu, o trânsito parou. Não, não é poema. A rima só existe no texto. Quando a prosa é sobre a atuação da Transalvador, vem a realidade crônica. Após a desocupação da sede do órgão de trânsito, no Vale dos Barris, na sexta-feira, os agentes permaneceram de braços cruzados e o reflexo desse descompasso foi percebido nas ruas.

Domingo de manhã, o CORREIO identificou cinco acidentes de trânsito. Em um dos casos, o veículo demorou nove horas para ser retirado do local do acidente. Em outro, o carro ficou capotado na pista por pelo menos quatro horas.

Agentes e supervisores engrossaram a paralisação das atividades em razão do atraso de mais de  20 dias no pagamento dos prestadores de serviço e pela suspensão do plano de saúde. "Amanhã (hoje), teremos nova assembleia. Não temos estrutura nem condições de trabalho. Quem sofre é a população de Salvador e o servidor”, avaliou o presidente da Associação dos Servidores da Transalvador (Astran), Adenilton Júnior.

Na avenida Juracy Magalhães, em frente à Embasa, no Rio Vermelho, um Ford Ka prata, placa JRT-0839, caiu no canal por volta de 1h. O condutor, que pediu anonimato, afirma que entrou em contato com a central (118) em seguida, mas não conseguiu ser atendido. O carro só foi retirado da via às 10h. "Chamei um guincho particular. O pessoal ainda tentou me ajudar e só encontrou uma viatura da PM, que prestou apoio”, contou o dono do carro.

"Foi descuido meu. Fiz a curva em alta velocidade e acabei perdendo o controle. Consegui parar o carro no canteiro, mas ele ainda capotou duas vezes. Graças a Deus, não tive nada”, refletiu.

Na avenida Garibaldi, perto do cruzamento do Lucaia, um Celta branco, placa AQN-6079, capotou antes de amanhecer. Dentro do carro, seis latas de cerveja e duas garrafas de energético vazias. Segundo testemunhas, só a polícia apareceu para isolar o local com cones, e o veículo só foi retirado às 10h, por um guincho particular.

Álcool
Na Octavio Mangabeira, no trecho da praia do Corsário, dois agentes da Transalvador chegaram a uma colisão entre dois veículos às 10h. O acidente ocorreu às 6h50. "Demorou de chegar. A PM que apareceu logo quando aconteceu o acidente”, relatou a barraqueira Edna Cruz, 45, que dirigia a Courier vermelha JNR-0317.

O condutor do Celta prata JSM-5698, o motorista Pedro José Oliveira, 40, seguia pela contramão quando atingiu a lateral da Courier. "Tô pensando que tô em outra rua. Quando percebi, tava na pista errada. Na mesma hora disse que vou pagar o prejuízo. Não vou mentir: tomei cinco latas de cerveja”, confessou ele, que foi conduzido à 1ª Delegacia (Barris) e depois liberado.

"Essa rodada que eu dei foi de piloto. Ele veio de frente a uns 80 km/h, cheio de cachaça. Só tive prejuízo. Minhas mercadorias que seriam vendidas na praia voaram na pista”, lamentou Edna.

Em outro acidente na Octavio Mangabeira, perto da Sereia de Itapuã, o condutor da moto Honda Fan 125, placa JRG-0387 (Bom Jesus da Lapa), segundo testemunhas, morreu após colidir com um táxi por volta de 2h. "O motociclista bateu de frente, no meio da pista, e morreu na hora. A Transalvador não apareceu aqui em nenhum momento e o pessoal tirou a moto da pista e colocou na ciclovia”, contou o vendedor Márcio Batista, 32. O motorista do táxi não foi identificado.

Estrutura
De acordo com o presidente da Astran, o único reboque disponível na Transalvador é emprestado. "E se tiver acidente com veículos maiores, não tem como retirar da pista”, denunciou.

Ontem a sinalização apresentou problemas nas avenidas Jorge Amado, Manoel Dias da Silva, Amaralina e Otávio Mangabeira, em Jaguaribe.

O CORREIO tentou contato com o superintendente da Transalvador, Renato Araújo, mas os telefones estavam na caixa de mensagens. Na semana passada, ele sinalizou que  previa o pagamento do plano de saúde dos servidores até amanhã .
Category: NOTÍCIAS | Views: 446 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa