Segunda-feira, 2022-08-15, 1:03 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2016 » Dezembro » 12 » RAPPA LEVA IGOR KANNÁRIO AO PALCO E PROVOCA POLÊMICA NO FESTIVAL DE VERÃO
5:42 PM
RAPPA LEVA IGOR KANNÁRIO AO PALCO E PROVOCA POLÊMICA NO FESTIVAL DE VERÃO

O show do O Rappa, um dos mais esperados da primeira noite do Festival de Verão, foi animado e com uma surpresa que dividiu opiniões. O vereador eleito e cantor de pagode, Igor Kannário, foi convidado pelo vocalista da banda de reggae, Marcelo Falcão, para subir ao palco e participar da apresentação.

O anunciou do nome de Kannário provocou gritos e vaias ao mesmo tempo. Falcão se explicou. “Eu sou negro, e como cantor negro, eu não posso ser preconceituoso. O Rappa não é assim”, afirmou, sendo aplaudido pelos fãs.

A participação de Kannário foi curta, durou apenas o tempo de uma música, o sucesso: Tudo Nosso, Nada deles, mas foi suficiente para levantar a polêmica entre o público, apesar das palavras de Falcão. Para o vendedor Alex Conceição, 34 anos, o vocalista forçou a barra.

“Kannário tem o público dele, que não é o público do Rappa. A mensagem que ele vende não é a que a gente curte. Acho que a atitude de Falcão foi nobre, mas foi forçada”, afirmou.

A estudante de publicidade Aline Gonçalves, 28, discordou do colega e apoiou o vocalista. “Apesar de Kannário ter o estilo dele, ele canta para o povo marginalizado. Ele meche com a massa e merece tanto respeito quanto Falcão”, disse.

A atração surpresa também desagradou o professor de educação física Henrique Araújo, 31, que acredita que a escolha não foi apropriada. “Hoje é dia de rock e reggae no Festival de Verão. Ele (Igor Kannário) deveria vir no domingo, porque é o dia para o estilo dele”, afirmou.

Já o motorista Danilo Souza, 22, não viu mal algum na escolha. “Eu não curto pagode, mas o cara também é do gueto, é favela, e precisa ter o espaço dele. É como Falcão falou, aqui não tem espaço para o preconceito”, contou.

Polêmicas à parte, o público que assistiu ao show do Rappa do início ao fim aproveitou cada segundo da atração. A multidão pulou, dançou e acompanhou os músicos na palma da mão. Também passaram pelo palco Capital Inicial, Natiruts, Planet Hemp, Nando Reis e BaianaSystem.

Neste domingo tem mais. Desta vez, a Arena Fonte Nova será palco para o axé e o sertanejo, com Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Saulo, Jorge e Mateus, Luan Santana, e Matheus e kauan. Os portões vão abrir às 14h e os shows começam às 16h.

Category: NOTÍCIAS | Views: 396 | Added by: Michele | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 5
Convidados: 5
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa