Sábado, 2020-08-15, 5:30 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Agosto » 7 » PROGRAMAS GARANTEM OPORTUNIDADES DO PRIMEIRO EMPREGO A JOVENS BAIANOS
10:04 AM
PROGRAMAS GARANTEM OPORTUNIDADES DO PRIMEIRO EMPREGO A JOVENS BAIANOS


Jovens de todo o estado da Bahia poderão ampliar as chances de ingressarem no mercado de trabalho, por meio de ações voltadas a aprendizagem e qualificação profissional, oferecidas pelo governo estadual, que ajudam a garantir o primeiro emprego. As oportunidades estão em cursos de capacitação mantidos por programas como os Jovens Baianos, Mais Futuro, Programa de Aprendizado Jovem (Proaj) e o Programa Estadual de Inserção de Jovens no Mundo do Trabalho (Trilha).

Resultado de um convênio estabelecido entre o Governo do Estado, via Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-BA), o Proaj é destinado a estudantes da rede pública e oferece curso de qualificação profissional em áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação e tem a previsão de capacitar, em quatro anos, dez mil jovens.

Dono de uma loja de serviços de informática em Periperi, no subúrbio de Salvador, Adenilton Ribeiro, 24 anos, fez curso do Proaj durante nove meses, aperfeiçoou os conhecimentos em rede de manutenção de computadores e conseguindo melhorar o próprio negócio. "Com a experiência e o conhecimento adquirido no curso pude ampliar os serviços, o que aumentou a quantidade de clientes”.
Trilha - Implementado pela Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Programa Trilha oferece oportunidade para jovens de baixa renda que necessitam de qualificação para entrar no mercado de trabalho. Há cursos de capacitação nas áreas de arte e cultura, comércio e serviço, turismo e hospitalidade, metal mecânica, beleza e estética, esporte e lazer e tecnologia da informação.

Somente 2013 foram abertas pelo Trilha 3.500 vagas gratuitas de qualificação em 25 municípios baianos. O programa é voltado para jovens de 16 a 29 anos que tenham concluído ou que estejam frequentando regularmente o ensino médio na rede pública (ou cursos do programa Educação de Jovens e Adultos) e que pertençam a famílias cadastradas no Bolsa Família.
Rede TV Jovem – Outro destaque na preparação e capacitação profissional, o Programa Jovens Baianos, mantido pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) é voltado para a formação de jovens na faixa etária de 16 a 24 anos. Por meio de parcerias e convênios com organizações não governamentais, o programa integra diferentes projetos e atende cerca de dois mil jovens a cada ano em cursos nas áreas da construç~ão civil, audiovisual, design. Informática e outras.

A Rede TV Jovem é um dos projetos dos Jovens Baianos que oferece cursos de Roteiro, Edição, Fotografia, Técnica de Áudio, Produção para TV e Vídeo, Interpretação, Direção e Figurino em Salvador, e nos municípios de Irecê e Senhor do Bonfim. Graças ao convênio entre a Sedes e a ONG Ação pela Cidadania, Antônio Carvalho descobriu a profissão exercida hoje como cinegrafista na TV Pelourinho, "O curso me preparou para o mercado e para o mundo. Hoje estou trabalhando e incluído”. 

Mais Futuro - Segundo o coordenador do programa, Jabes Soares, mais que a capacitação profissional, os projetos promovem a cidadania e o protagonismo juvenil. "Primeiro a idéia é que eles possam transformar a própria realidade de suas famílias, mas que possam também interferir também na comunidade”. Esta é também uma das preocupações do Programa Mais Futuro, uma iniciativa da Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA).

O objetivo do Mais Futuro é inserir jovens de 18 a 22 anos de escolas públicas e em situação de vulnerabilidade social no mercado de trabalho. A meta é beneficiar cinco mil jovens e adolescentes até 2014. Durante formação técnico-profissional, que inclui carga-horária teórica, os jovens escolhidos por meio de seleção pública atuam como aprendizes em órgãos públicos do estado.

Com duração de dois anos, o contrato de aprendizagem garante o salário de R$ 634,21, além de vale-transporte, auxílio-lanche e plano de saúde. Ao final do programa, os jovens são encaminhados para vagas de emprego por meio do cadastro no banco de dados do Sistema de Intermediação para o Trabalho (SineBahia).

No caso de Rodrigo Almeida, a efetivação no emprego veio logo depois do término do contrato na Procuradoria Geral do Estado (PGE), onde foi contratado para o cargo de coordenador na Procuradoria Administrativa. "O diferencial do programa é o objetivo de não apenas inserir, mas capacitar o jovem para o mercado de trabalho”. Desde 2008, quando foi criado, o Mais Futuro já beneficiou mais de três mil jovens. Até 2014, a meta é alcançar cinco mil aprendizes beneficiados pelo programa.

Fonte: SECOM


Category: NOTÍCIAS | Views: 315 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 4
Convidados: 4
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa