PROFESSOR É AFASTADO DA UNEB APÓS DENÚNCIA DE ASSÉDIO SEXUAL; ELE NEGA - 7 October 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Monday, 2016-12-05, 3:35 PM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » October » 7 » PROFESSOR É AFASTADO DA UNEB APÓS DENÚNCIA DE ASSÉDIO SEXUAL; ELE NEGA
10:16 AM
PROFESSOR É AFASTADO DA UNEB APÓS DENÚNCIA DE ASSÉDIO SEXUAL; ELE NEGA

O professor de sociologia da Universidade Estadual da Bahia (Uneb) do campus de Eunápolis, sul da Bahia, Alex Macedo, foi afastado por dois meses após uma denúncia de assédio sexual contra alunas da instituição. A Uneb apura o caso, que foi denunciado à universidade por meio de uma professora. O professor nega a acusação.

Após a denúncia, o Diretório Acadêmico da universidade fez uma campanha contra assédio sexual, espalhou cartazes e promoveu debates entre os alunos.

Uma aluna ouvida pela reportagem, que não quis se identificar, disse que o professor propôs fazer sexo com ela, por meio das redes sociais. "Ele veio falar comigo. Não lembro exatamente quais foram as palavras, mas era um convite, para poder fazer relações sexuais com ele. Falei assim: 'Oxe, professor'. Ele falou: 'Como assim, o que é que tem?'", contou.

Outra aluna diz que se sentiu constrangida quando pegou carona com ele e o professor não parou de falar sobre sexo. "Em todo o percurso, o professor dizia palavras de conotação sexual, como: 'Ah, você gosta de sexo? Você gosta de sexo como?'", relata.

O professor admitiu que falou sobre sexo com alunas, mas disse que isso aconteceu porque era assunto da matéria e negou ter feito convites a alunas.

"Sexo é um assunto sociológico. Eu sou formado em sociologia. As relações sexuais estão colocadas na sociedade e quando comento isso com qualquer estudante, posso comentar do ponto de vista sociológico", afirmou.

Alex foi afastado por dois meses e a reitoria instaurou uma comissão para apurar o caso. Já foram ouvidas alunas, o professor e direção. O resultado da sindicância deve ser divulgado no dia 22 de outubro.

A diretora do campus, Jacinda Laurindo, disse que o professor pode ser afastado definitivamente. "Neste caso, uma vez comprovado vai ser encaminhado para processo disciplinar e, até o desfecho disso, que seria o desligamento completo do professor", afirma.

A Uneb ainda disse que repudia quaquer forma de assédio e afastou também a professora que denunciou o caso, para garantir a apuração dos fatos.

Category: NOTÍCIAS | Views: 117 | Added by: Milena | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 32
Guests: 31
Users: 1
Michele
Sites

Copyright MyCorp © 2016