Quinta-feira, 2022-09-29, 9:16 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Maio » 24 » PRESO NA POLINTER, ASSASSINO DO PM CONTOU QUE FOI AO CINEMA NO DIA DO CRIME
11:59 AM
PRESO NA POLINTER, ASSASSINO DO PM CONTOU QUE FOI AO CINEMA NO DIA DO CRIME


Acompanhado de quatro advogados, o jovem Lucas Soares dos Santos (18) que confessou matar o capitão da Polícia Militar Anativo Manuel da Conceição Neto, 33 anos, ex-marido da cantora Nara Costa já está com o pedido da prisão decretada, foi detido e já está na Polinter, Praça Piedade, em Salvador. Em depoimento, o acusado relatou que atirou quando achou que a vítima reagiria.


O capitão da Polícia Militar, Anativo Manuel da Conceição Neto, 33 anos, foi assassinado na noite desta segunda-feira (20), na localidade Baixinha de Santo Antônio, no Cabula em Salvador.


De acordo com a polícia, o acusado confessou ainda que, depois do crime foi ao cinema com a namorada e contou para ela que teria matado uma pessoa. A jovem, que teve a identidade preservada, também prestou depoimento e reconheceu o namorado na imagem da câmera do estabelecimento, onde aparece 
Lucas Soares.



O militar é ex-marido da cantora Nara Costa. Ele foi morto com um tiro na cabeça e foi encontrado com uma pistola ponto 40 de propriedade da PM, debaixo do corpo, o que leva a entender, que Anativo tentou sacar a arma para se defender.

Segundo o delegado da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Antonio Cláudio Oliveira, o oficial da PM estava lavando o carro, um veículo modelo Sandero de cor preta, na Rua Tenente Walmir Alcântara, na localidade de Baixinha de Santo Antônio no Cabula, quando foi surpreendido pelos assassinos que atiraram no policial percebendo a reação do mesmo.

 
"Se menor de 18 anos, o indivíduo é apreendido, não comete crime e sim ato infracional, sujeito no máximo a três anos de medida disciplinar. O que não se aplica ao caso de Lucas, pois, ao cometer o homicídio, já tinha 18 anos completos, já que consta em documentos de identificação que ele nasceu em 31 de dezembro de 1994”, explicou o Major Humberto, para o apresentador Zé Eduardo, durante o Programa do Bocão, na rádio Sociedade, nesta sexta-feira (24).

Fonte: Bocão News / Informações: Marcelo Castro

Category: NOTÍCIAS | Views: 532 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa