Domingo, 2022-12-04, 2:52 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Outubro » 22 » POLICIAL ACUSADO DE MATAR JOVEM NO IMBUÍ DEPÕE HOJE NA JUSTIÇA
3:56 PM
POLICIAL ACUSADO DE MATAR JOVEM NO IMBUÍ DEPÕE HOJE NA JUSTIÇA


Na manhã desta terça-feira (22), 14 testemunhas estão sendo ouvidas em uma audiência de instrução que trata do crime que resultou na morte de Leonardo Moraes de Almeida, de 33 anos. Ele foi baleado pelo policial Civil, Jansen Alves Nascimento, durante uma briga ocorrida em um bar no bairro do Imbuí, em Salvador.

Os depoimentos são prestados à juíza Vera Lúcia Medauar, no Fórum Criminal de Sussuarana, que ouve, inclusive, o acusado, nesta oportunidade. A denúncia foi aceita pelo Ministério Público da Bahia, representada pelos procuradores Davi Gallo e Raimundo Moinho.


Leonardo foi baleado pelo policial na noite do último dia 13 de julho. Ele ficou internado, em estado grave, na UTI do Hospital Roberto Santos, mas não resistiu ao ferimento, morrendo três dias depois. Na ação do policial, o jovem Lucas Urpia de Almeida Lima, de 19 anos, estava no local e também foi atingido e encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE). Ele foi transferido para o Hospital Santo Amaro e recebeu alta, após dois dias.

Após o sepultamento de Leonardo, uma testemunha informou à reportagem da TV Aratu que o policial, lotado na 2ª Delegacia Territorial (Liberdade) teria cometido o crime por um motivo fútil. "A briga começou por causa de um sobrinho dele [do policial], conhecido como Cacá, por causa de uma cadeira. Ele se levantou, deu um murro na boca de Leonardo e depois foi para perto do tio”, contou.

Ainda de acordo com a testemunha, o policial, que comemorava o aniversário no local, sacou a arma, e atirou contra Leonardo que estava caído no chão, em seguida ele também baleou o jovem Lucas Urpia, de 19 anos, outro amigo de Leonardo presente no bar.

À Corregedoria da Polícia Civil, Jansen informou que estava comemorando seu aniversário na barraca, quando Leonardo e Lucas trocaram olhares com as mulheres que estavam na mesa dele. Daí, teria havido uma discussão, momento em que Leonardo agrediu o sobrinho dele. Por causa da agressão, o policial disparou contra o jovem. Quanto à segunda vítima, ele afirmou que atirou por achar que Lucas, ao colocar a mão na cintura, estivesse retirando uma arma. Ambos foram atingidos no abdômen.

Fonte: Aratu Online

Category: NOTÍCIAS | Views: 423 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa