Sexta-feira, 2020-08-07, 6:39 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Agosto » 21 » POLÍCIA INVESTIGA BELO POR SUSPEITA DE ESTELIONATO E FORMAÇÃO DE QUADRILHA
12:35 PM
POLÍCIA INVESTIGA BELO POR SUSPEITA DE ESTELIONATO E FORMAÇÃO DE QUADRILHA


A Polícia Civil do Piauí abriu inquérito nesta terça-feira (20) para investigar o cantor Marcelo Pires Vieira, o "Belo", e mais sete pessoas de sua equipe pela prática do crime de estelionato e formação de quadrilha no estado. De acordo com delegado Ademar da Silva Canabrava, do 12º Distrito Policial de Teresina, o grupo é suspeito de aplicar um golpe na empresa Táxi Aéreo Poty.

"Belo e sua equipe teriam fretado quatro aeronaves de pequeno porte para levá-los de Teresina para Recife, onde iriam fazer um show, e teriam pago o frete com três cheques no valor de R$ 29 mil cada, totalizando R$ 87 mil.  Segundo o dono da empresa, o cantor teria sustado todos os cheques antes que fossem efetuados os pagamentos para a empresa”, disse.

Ainda segundo Canabrava, a Polícia Civil do Rio de Janeiro foi comunicada do fato. "Comunicamos o ocorrido para uma equipe do Rio de Janeiro para que ela possa nos ajudar nesse inquérito. Iremos ouvir todos os envolvidos e autuá-los por formação de quadrilha e estelionato, já que o pagamento não foi efetuado. O grupo é composto por oito pessoas incluindo o cantor”, explicou.

Eduardo Carbelli, produtor do cantor, informou por telefone que Belo não possui cheques e que não tem conhecimento do inquérito. Ele disse ainda que essa situação deve ser algum mal-entendido e que Belo jamais contratou serviços de empresa aérea no Piauí.

Segundo o advogado Rubens Komniske, que representa a Táxi Aéreo Poty, logo depois do acontecido a empresa teria ainda falado com o assessor do cantor que, teria contratado os serviços, e reconhecido a dívida. "O José Alfredo, assessor do cantor que fretou as aeronaves, assinou um termo de confissão de dívidas afirmando que iria pagar e mesmo assim não cumpriu novamente o compromisso”, disse.
O advogado afirmou que ao longo do tempo tem tentado falar com o assessor do cantor. "José Alfredo nem me atende mais, tentamos por várias vezes falar com ele. Agora acionamos a polícia, pois meu cliente quer receber o dinheiro”, disse.

Em nota, a assessoria de imprensa do músico disse que o artista "jamais esteve envolvido em qualquer negociação envolvendo a contratação de empresa aérea para deslocamento e que não repassou nenhum cheque em seu nome". A assessoria diz ainda que Belo utilizou os serviços de táxi aéreo da Poty, mas que o pagamento foi realizado. O próximo show do canto Belo em Teresina está marcado para dia 21 de setembro. 

Fonte: G1.com

Category: NOTÍCIAS | Views: 320 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 14
Convidados: 14
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa