Segunda-feira, 2019-12-09, 0:00 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Calendario
Metereologia
Main » 2019 » Abril » 13 » POLÍCIA IDENTIFICA GAROTA DE 17 ANOS QUE FOI TORTURADA E EXECUTADA EM SIMÕES FILHO
10:49 AM
POLÍCIA IDENTIFICA GAROTA DE 17 ANOS QUE FOI TORTURADA E EXECUTADA EM SIMÕES FILHO
Meiga, extrovertida, sorridente, alegre, inteligente, carinhosa e de bom coração. Era assim que amigos e familiares definem a estudante Rayssa Gabriela de Oliveira, de 17 anos, que foi sequestrada, torturada e morta com vários tiros de pistola em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Eles contam que a rotina da adolescente se resumia a ir para a escola, casa e cuidar do filho. As investigações já foram iniciadas pela Polícia Civil.

Uma amiga, que pediu para ter sua identidade preservada questiona o motivo de Rayssa ter sido o alvo. "Até agora não consigo acreditar, estou perplexa. Não tinha porque ser ela. Porque fizeram isso com ela, uma menina do bem”, lamentou.

Rayssa morava no bairro de Paripe na casa dos pais. A adolescente deixa um filho de 1 anos e seis meses de idade, que ainda estava amamentando.

Emboscada

De acordo com informações preliminares, a garota teria caído em uma emboscada, após ter sido atraída para um local onde foi sequestrada, torturada e morta. Rayssa foi executada com diversos tiros em uma área de mata, no bairro Ilha de São João, nas proximidades da Marinha do Brasil. O crime aconteceu na noite da última quarta-feira (10/04), mas o corpo da jovem só foi removido para Instituto Médico Legal, Nina Rodrigues, nesta quinta-feira (11/04). Rayssa estava vestida com uma camisa verde da seleção brasileira e uma bermuda jeans azul. O homicídio foi confirmado pela a assessoria de comunicação da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Simões Filho). A PM informou ao SIMÕES FILHO ONLINE que a garota foi atingida por disparos de arma de fogo no rosto e no pescoço.

Irmã nasce no mesmo dia

De acordo com uma amiga da família, que prefere ter seu nome preservado, enquanto Rayssa estava nas mãos de criminosos sendo executada, a sua mãe dava luz ao seu irmãozinho em um hospital da capital – ela não imaginava que ao ganhar uma filha, perdia outra de uma forma brutal. Rayssa será sepultada neste sábado (13/04), quando sua mãe terá alta do hospital para participar do enterro. O enterro deve acontecer no cemitério de Paripe.

Despedida

Aos amigos e parentes da vítima, ficou a tristeza e a perplexidade deixadas pelo assassinato. Homenagens também foram postadas nas redes sociais. "Não tinha quem não gostasse de Rayssa. Era uma menina boa. Ainda não acredito no que aconteceu”, escreveu um amigo da vítima. Outro disse: "Até quando meu Deus? Coloco em tuas mãos o sofrimento dos pais e familiares da amiga de minha filha. Vai com Deus Rayssa Gabriela”.

Familiares também utilizaram as redes sociais para agradecer o apoio recebido nesse momento de dor. "Obrigado a todos pelo carinho que tá tendo com minha sobrinha, família e amigos. Tenho certeza que onde quer que ela esteja está orando por todos nós”, agradeceu.

Investigação

As condições e ferimentos que a jovem tinha pelo corpo demonstram que a menina deve ter sofrido bastante antes de morrer. Hematomas no rosto, os dentes quebrados e diversos ferimentos por todo o corpo deixam à polícia o alerta de que garota possa ter sido torturada até a execução.

A Polícia Civil ainda busca maiores informações sobre a ocorrência e não descarta nenhuma linha de investigação. O familiares da menina morta devem ser ouvidos nos próximos dias. O caso deve ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), com o apoio da 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho (DT).

Simões Filho Online

Category: NOTÍCIAS | Views: 218 | Added by: antonio | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 5
Convidados: 5
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa