O GARÇOM QUE SERVIU PARA IMPORTAR! - 11 April 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Saturday, 2016-12-03, 8:33 AM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » April » 11 » O GARÇOM QUE SERVIU PARA IMPORTAR!
3:42 PM
O GARÇOM QUE SERVIU PARA IMPORTAR!

Essa semana a cidade de Contagem, no interior de Belo Horizonte, MG, teve uma novidade bombástica que mudou a sua rotina pacata. Isso porque Hamiltom dos Santos, nascido e criado nas redondezas de Contagem, foi o convidado ilustre de um programa de TV no Canadá que reuniu os melhores casos de sucesso de pessoas que venceram uma crise econômica em seu país de origem e hoje dão palestras sobre empreendedorismo e são referência no mercado em que atuam.

A história de sucesso começou a cerca de 2 anos atrás, quando Hamiltom ainda era garçom de uma pensão que atendia diariamente os operários de uma grande obra que durou cerca de 3 anos até ficar pronta. Desde que começou a trabalhar na “pensão da dona Armênia”, Hamiltom já temia o momento em que as obras no terreno vizinho terminassem, o que certamente causaria um grande impacto no faturamento da pensão e, consequentemente, seu emprego estaria diretamente ameaçado.

O garçom que serviu para importar!

A realidade de Hamiltom é a mesma de muitos brasileiros. Ou melhor, era. Sem contrato nos moldes da CLT, ele sabia que nenhum benefício o seria dado depois que fosse demitido e foi aí que a história desse personagem começou a mudar. E a mudança foi, sem sombra de dúvidas, para melhor. “Depois de conseguir pagar por 2 horas de conexão numa Lan House, eu descobri que poderia me especializar em alguns cursos que poderiam mudar a minha vida”, lembra.

Para conseguir pagar cerca de R$ 200,00 por um curso, Hamiltom teve que enxugar muito as despesas de casa e só depois de 3 meses a compra foi feita. “Meus 3 filhos tiveram que me ajudar e começamos a vender água nos sinais de trânsito e nas praças. Sem esse esforço eu não teria chegado até aqui”, disse Hamiltom durante sua apresentação. Mas as dificuldades estavam apenas começando para ele. Depois de estudar bastante sobre os cursos disponíveis e o segmento de cada um deles, Hamiltom decidiu investir suas economias na importação de produtos, usando os métodos ensinados pela Fórmula da Importação.

O que surpreendeu toda a família na escolha de Hamiltom foi o fato de que a importação está diretamente ligada ao dólar. Imediatamente todos foram contra já que os noticiários mostram a todo momento o aumento gradativo da valorização da moeda americana com relação a brasileira. “E olha que o dólar nem tinha passado dos R$ 3,00, hei”, brinca o empresário. De acordo com ele o método do curso mostra claramente que o investimento em importação é vantajoso principalmente para quem não tem custos como um lojista, por exemplo.

“Eu percebi que a minha briga seria com os lojistas e que nós compraríamos os produtos da mesma fonte, no mesmo preço. Mas eu não tenho gastos de aluguel de loja, luz, funcionários, nem nada disso. Logo, o meu preço poderia ser muito mais atrativo”. Além disso, Hamiltom levou em consideração comprar o curso Fórmula da Importação porque o seu conteúdo ensina técnicas de vendas e estratégias específicas para vendas online.

Demissão rumo ao sucesso

A partir daí, a história do garçom da dona Armênia começou a ganhar contornos de emoção. Em seu primeiro mês depois que concluiu as aulas do curso Fórmula da Importação, com suas encomendas em mãos, Hamiltom conseguiu lucrar aproximadamente R$ 500,00 somente em vendas online, sem sair de casa. “A minha primeira meta era conseguir ganhar pelo menos R$ 50,00 usando somente a internet e daí poder vender meus produtos de porta em porta, visitando pessoas em suas casas, criando a minha própria rede de clientes”, ensina o ex-garçom.

Apesar da felicidade em conseguir ver seu investimento começar a dar retorno já no primeiro mês, a má notícia veio de Dona Armênia, que confirmou suas expectativas e dispensou Hamiltom dos trabalhos de garçom de sua pensão. “Não tinha outro jeito. Depois que ele saiu, a pensão ainda durou um mês e meio até que eu fechei a cozinha porque não tinha mais os operários e a obra já havia terminado”, explica dona Armênia, de 68 anos.

O sucesso do ex-funcionário da Pensão da dona Armênia atravessou os limites da cidade de Contagem, em Belo Horizonte, quando Hamiltom conseguiu abrir sua empresa de importação hoje com 22 funcionários instalada em um andar de um prédio comercial na capital do estado de Minas Gerais. Com centenas de palestras pelo Brasil mostrando para todas as classes sociais a importância de acreditar em si e buscar evoluir mesmo em situações adversas.

A necessidade e a busca incansável por uma profissão fizeram com que Hamiltom encontrasse seu caminho mesmo diante de um cenário econômico muito ruim e sem perspectivas, como o que vivemos hoje no Brasil. Mas será que isso não é uma estratégia forjada para conseguir novos alunos? Será que esse curso pode realmente mudar a vida de alguém que passe pelas mesmas dificuldades que Hamiltom passava?

Tentamos encontrar alguém aqui na redação do portal que estivesse disposto a testar e avaliar os métodos e os resultados do curso Fórmula da Importação. Até que o repórter fotográfico Sandro Meirelles aceitou o desafio e agora você confere o que ele achou do curso.

Acabei escolhendo o Fórmula da Importação principalmente por ser mais acessível financeiramente. Confesso que fiquei com o pé atrás, com medo de ser um daqueles golpes ou então os produtos não chegarem, ou não serem de boa qualidade. Mas na verdade tive uma surpresa muito boa. O curso é muito simples e fácil de entender, mas é claro que vai depender muito da vontade do aluno em seguir exatamente o que o João Pedro ensina.

Um dos diferenciais desse curso é o atendimento sempre pronto, o tempo todo, para tirar as dúvidas dos alunos. De fato você aprender a importar da melhor forma, em condições favoráveis e com os melhores custos, ou no pior dos casos gastando o mesmo dinheiro que os lojistas. São muitas opções de produtos mas eu preferi focar em vender roupas como vestidos, roupa infantil e para bebês, produtos para cabelo e cosméticos.

Depois de 22 dias eu recebi os produtos de marcas como Hollister, Ellus, Calvin Klein, MAC, entre outras também famosas para revender e os resultados são completamente reais e palpáveis. Tirando o valor pago pelo curso, cerca de R$ 200,00, Eu investi R$ 600,00 para importar as peças que escolhi e consegui vender tudo em pouco mais de 2 meses, com um lucro de aproximadamente R$ 1.200,00.

Para conseguir importar e revender é preciso realmente entender que a compra deve ser feita com o preço mais baixo possível, para que exista uma margem de lucro interessante. E este é o principal ponto do Fórmula da Importação, que é ensinar como as pessoas podem comprar itens baratos para que possam ser revendidos no mercado brasileiro, mostrando o passo a passo de como as pessoas podem importar os mais variados tipos de produtos do exterior e revender no Brasil ganhando até 4X mais em cima de cada produto. Um dos grandes diferenciais do curso é o fato de que ele ensina realmente a prática, nada de perda de tempo com teorias.

Garantia também transmite segurança

O curso Fórmula da Importação funciona da seguinte maneira: Você terá 30 dias para testar as técnicas e comprovar todos os benefícios deste método de importação. Se o produto for diferente do que você espera ou se o curso não entregar o que promete, você poderá solicitar o reembolso do valor pago e será atendido no mesmo dia.

Category: NOTÍCIAS | Views: 188 | Added by: Michele | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 18
Guests: 18
Users: 0
Sites

Copyright MyCorp © 2016