Terça-feira, 2021-11-30, 10:46 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Junho » 27 » MURITIBA: UNIDADE DA PM É DEPREDADA APÓS AÇÃO CONTRA ESPADEIROS
6:40 PM
MURITIBA: UNIDADE DA PM É DEPREDADA APÓS AÇÃO CONTRA ESPADEIROS

A unidade da Polícia Militar do distrito de São José, na zona rural da cidade de Muritiba, a 114 quilômetros de Salvador, foi depredada pela população depois de uma ação policial com o objetivo de conter uma guerra de espadas entre moradores da localidade no final da noite desta sexta-feira (24/06/11).

A delegacia do município aguarda o retorno dos agentes da polícia civil enviados ao local para registrar a ocorrência, mas recebeu ligações de moradores que denunciaram a guerra de espadas, que teve início no final da tarde, e a ação da polícia militar, que teria acontecido por volta das 21 horas.

Ainda segundo moradores do distrito, a polícia teria chegado ao local atirando, atingindo um homem ainda não identificado, que teria sido levado para um hospital da região. Este fato teria provocado a revolta de alguns moradores, que foram para a unidade da PM no centro do distrito e tentaram atear fogo no local, jogando pedras e destruindo objetos dos militares.

Policiais da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar confirmaram a depredação, mas não deram mais informações sobre a ocorrência e se recusaram a falar sobre a existência de vítima de disparo de arma de fogo feito pelos PMs.

Dez pessoas são detidas por uso de espadas em Cruz das Almas

Dez pessoas já foram detidas e encaminhadas para a delegacia de Cruz das Almas por fazer uso de espadas até as 22 horas desta sexta-feira (24/06/11), segundo dia oficial dos festejos juninos na cidade baiana.

De acordo com a delegada Ívia Vidal, todos os presos foram liberados após prestarem esclarecimentos sobre o uso dos fogos de artifício nas ruas da cidade, e responderão pelo crime de menor potencial em liberdade após desobedecerem determinação da juíza Luciana Amori, que acatou pedido do Ministério Público Estadual no último dia 16.

Todos os presos eram homens entre 25 e 35 homens. Segundo a delegada, não houve necessidade de confronto e uso de força com os "espadeiros" porque eles "estão apenas lutanto para perservar uma tradição", não havendo criminosos entre eles. Ainda segundo Ívia Vidal, a decisão de não manter presas as pessoas flagradas soltando as espadas foi tomada após uma reunião entre as polícias civil e militar e a Vara Crime do município.

A delegada também ressaltou que não estão acontecendo guerras entre "espadeiros" e que os fogos estão sendo utilizados em áreas periféricas da cidade, principalmente nos bairros de Itapicuru, Estrada de Ferro e Coplan.

Fonte: Correio

Category: NOTÍCIAS | Views: 486 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa