Terça-feira, 2021-01-26, 10:28 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Setembro » 19 » MULHER MORRE PORQUE MANIFESTANTES IMPEDIRAM SAMU DE PRESTAR SOCORRO
5:09 PM
MULHER MORRE PORQUE MANIFESTANTES IMPEDIRAM SAMU DE PRESTAR SOCORRO


Na manhã dessa quarta-feira (18/9), um grupo de pessoas fechou a Rua Régis Pacheco, no bairro do Uruguai, para reivindicar melhorias no transporte público e celeridade na conclusão das obras da Baixa do Fiscal. Uma mulher de 36 anos sofreu parada cardiorrespiratória e morreu dentro de um ônibus do transporte urbano durante o protesto.


Uma equipe do Samu tentou prestar socorro, mas foi impedida pelo tráfego bloqueado. Passando mal desde às 6h, a passageira desceu do coletivo para beber água, em um pequeno mercado no Lobato, mas sofreu a parada.


De acordo com informações do Samu, os médicos realizaram atendimento no local por 50 minutos, porém a mulher sofreu outra parada e não resistiu. Ainda de acordo com o Samu, a primeira ambulância do dia levou 40 minutos para percorrer um trecho.


Durante o protesto, iniciado às 7 horas, pneus foram queimados na via e os motoristas impedidos de acessar a Suburbana. Apesar do movimento, a previsão da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop) era recuperar o asfalto de 400 metros da pista durante cerca de 25 dias, podendo ser adiada em casos de chuva.


O fogo e a fumaça tomaram conta do local. Revoltados, moradores da região queimaram pneus e lixos com o objetivo de despertar a atenção das autoridades para os problemas da região. "Vivemos em um local abandonado pelos políticos. Essa buraqueira nunca termina. Todo dia tem engarrafamento e quando chove a situação só piora”, disse o açougueiro Manoelito Batista, 34 anos, referindo-se à região da Baixa do Fiscal. "Um absurdo a gente pagar imposto, IPTU e não ter direito nem de ir e vir com tranquilidade” esbravejou Rosângela Cerqueira, 22.


O trânsito ficou complicado na região do Viaduto dos Motoristas e do Largo do Tanque. Um engarrafamento formou-se na Baixa do Fiscal, já que a Rua Luiz Maria permanece fechada para obras e a maioria dos passageiros abandonou os coletivos e seguiu a pé. Por volta das 9 horas, a Superintendência de Trânsito da cidade (Transalvador) conseguiu liberar a pista, garantindo o fluidez do trânsito.

Fonte: Tribuna

Category: NOTÍCIAS | Views: 343 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa