Quarta-feira, 2021-12-01, 7:43 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Setembro » 22 » MUCURI: VÍTIMA SE APAIXONA POR ESTUPRADOR E FOGE DE CASA COM ELE
12:30 PM
MUCURI: VÍTIMA SE APAIXONA POR ESTUPRADOR E FOGE DE CASA COM ELE

O delegado titular da Polícia Civil no município de Mucuri, Dr. Sanney Simões, concluiu e remeteu à justiça na tarde desta quinta-feira (22/09), o inquérito policial de nº 077/2011, de um caso inédito ocorrido entre os crimes contra os costumes na região. Uma menina de 13 anos, que vinha sendo abusada sexualmente desde os 12 anos, pelo seu próprio padrasto Lourivaldo da Silva Santos, o "Quebra Ferro”, 32 anos, terminou cativada pelo estuprador e confessado a própria genitora que havia se apaixonado pelo marido da mãe. 

Os abusos sexuais foram inicialmente descobertos por professores da escola da menor no distrito de Belo Cruzeiro no município de Mucuri, que comunicaram o fato aos agentes do Conselho Tutelar da comarca, que passaram a monitorar a situação, inclusive ouvindo a mãe da criança, que confirmou que havia descoberto a pouco tempo que o esposo havia realmente desvirginado a sua filha, mas que ela vinha sendo ameaçada de morte pelo marido, caso contasse algo alguém ou a polícia, e a dona-de-casa até adiantou que os abusos sexuais por parte do esposo contra sua filha menor, haviam parado. 

Mas na noite anterior em que os conselheiros tutelares e a polícia se preparavam para prender o estuprador, a menina e o padrasto confessaram à dona-de-casa que eles estavam apaixonados um pelo outro. E na mesma madrugada a menor e o padrasto fugiram de casa e se acamparam por três dias em baixo da ponte da Rodovia BR-101 sobre o rio Mucuri, mas antes que polícia lhes descobrisse no local, a vítima e o acusado fugiram, e só foram encontrados três meses depois, no último dia 2 de agosto, na Fazenda Santa Terezinha, onde viviam mantendo relacionamento dito conjugal, comportando-se como se marido e mulher fossem. 

A garotinha contou em oitiva à Polícia Civil que quando foi violentada pelo padrasto, ela tinha 12 anos e era virgem, e teria sido forçada a ceder os intentos do padrasto. Daí em diante, toda vez que a mãe saia para o trabalho no corte de cana e seus dois irmãozinhos menores seguiram para escola, o padrasto mantinha relação sexual com ela, sob ameaça de morte, caso contasse o fato a mãe ou outras pessoas. Ela disse que no início era horrível viver naquela situação, mas com o tempo ela foi se acostumando com a rotina, até que ele também foi mudando de comportamento e passou a lhe tratar com carinho, até que veio a se apaixonar pelo padrasto. 

O delegado Sanney Simões se baseia na legislação penal e entende que menor de 14 anos não tem o discernimento de escolher ao qual caminho seguir diante de uma violência sexual, se não o que rege a lei com as devidas sanções aplicadas em desfavor do autor. Tanto que indiciou Lourivaldo da Silva Santos, o "Quebra Ferro”, 32 anos, em crime de estupro de vulnerável, agravado pelo fato do autor ter sido o agente que tinha a responsabilidade e o dever de proteger a vítima. Mas diante dos fatos, do perdão da mãe da criança, da declaração de amor da menor em favor do padrasto e agora marido, a justiça da comarca de Mucuri expediu alvará de soltura para o acusado, para que ele aguarde em liberdade uma posterior decisão da justiça.

Category: NOTÍCIAS | Views: 671 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa