Sábado, 2021-11-27, 6:25 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Junho » 16 » MORTOS SUSPEITOS DE MATAR PEDREIRO COM 10 TIROS.
2:31 AM
MORTOS SUSPEITOS DE MATAR PEDREIRO COM 10 TIROS.

EUNÁPOLIS - Duas pessoas foram mortas na manhã desta quarta-feira (15), em uma ação da Polícia Civil de Eunápolis na Rua Augusto Gomes, no bairro Moisés Reis, Zona Leste da cidade. Na mesma operação, outros dois acabaram presos. Foram apreendidas armas, drogas e munições. Entre os mortos, está o bandido que comandou assalto à casa de uma fazendeira, em Eunápolis.

Segundo o delegado Evy Paternostro, os quatro eram procurados por suspeita de envolvimento na morte do pedreiro Agnaldo Araujo da Silva, 44 anos, na noite da última segunda.

Ainda de acordo com o delegado, os policiais tentaram pegá-los na terça, mas eles conseguiram fugir de uma casa na Rua Santa Terezinha, bairro Pequi, após troca de tiros.


Por volta das 10h30 da manhã desta quarta, houve continuidade da operação. Os agentes cercaram a casa onde eles estavam refugiados no Moisés Reis.


O delegado informa que dois deles dispararam na tentativa de fuga pelos fundos do imóvel, mas se deparam com outra equipe. Baleados, os dois ainda foram socorridos ao Hospital Regional, mas não resistiram. Morreram, Érico de Jesus Cordeiro, 15 anos, e Jackson dos Santos Pereira. Foram presos no mesmo local, Rodrigo dos Santos Catadini, 19 anos, e Jéferson Mota Souza, 22. 

A polícia informou que Jackson era fugitivo do presídio de Teixeira de Freitas e tinha mandado de prisão em aberto na Comarca de Eunápolis por ter orquestrado o assalto à casa de uma fazendeira, em dezembro de 2009.

Com a quadrilha, foram apreendidas uma quantidade de crack ainda não divulgada, blusões com capuz, três celulares e uma munição de calibre 32 que serve para revólver e pistola 765. Os que morreram portavam dois revólveres calibre 38 e 32, municiados. 

Os investigadores dizem que as armas e os projéteis são iguais aos usados no assassinato do pedreiro, que era dependente químico há 25 anos e pode ter sido eliminado por causa de uma dívida com os traficantes.

Jéferson cumpria pena por tráfico de drogas no presídio de Teixeira de Freitas e estava em liberdade há cincos dias, por força de um alvará de soltura.

O pai de Érico - um dos mortos, afirmou à polícia que ele era envolvido com o tráfico de drogas e que já tinha o denunciado para o Conselho Tutelar e que ele não ouvia os conselhos da família.

As armas e as munições apreendidas com os criminosos, bem como os projéteis retirados dos corpos da vítima, serão enviadas para análise no Departamento de Polícia Técnica.
Fonte: Radar64


Category: NOTÍCIAS | Views: 657 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa