Quinta-feira, 2020-09-24, 6:32 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Março » 3 » MORTE DE POLICIAL POR POLICIAIS NA PITUBA PODE PARALISAR A POLÍCIA CIVIL
12:45 PM
MORTE DE POLICIAL POR POLICIAIS NA PITUBA PODE PARALISAR A POLÍCIA CIVIL


Agentes da Polícia Civil se reúnem em assembléia a partir das 10h desta quinta-feira (3) na Associação dos Funcionários Públicos do estado, na Avenida Carlos Gomes, em Salvador. Os policiais irão discutir a aprovação de uma paralisação de 72h.

Nesta quarta-feira (2), os agentes chegaram a anunciar o início da greve após uma ação de policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) que levou à morte do agente Valmir Borges Gomes, de 54 anos. Eles protestam contra a ação dos colegas, já que acreditam que Valmir poderia ter sido preso sem a necessidade do uso da violência.

Nesta quinta-feira (4), outros dois agentes envolvidos na ação e que estavam em comapanhia de Valmir serão ouvidos na Corregedoria da Polícia Civil.

Entenda o caso

Valmir Borges Gomes, 54 anos, foi morto por colegas da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), durante um confronto por volta das 21h30 de ontem, na Avenida Paulo VI, no  bairro da Pituba.  Agente da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), Valmir  estava em um Volkswagen Gol com dois homens quando foram surpreendidos pelos policiais da DTE, que investigavam o envolvimento dos três em crime de extorsão.

De acordo com a delegada  Iracema Silva de Jesus, titular da Corregedoria da Polícia Civil (Correpol), Valmir e os outros ocupantes do carro reagiram a abordagem. Segundo moradores, o confronto foi intenso e vários carros foram atingidos, além de fachadas de prédios. Em pânico, algumas pessoas chegaram a invadir outras casas e estabelecimentos comerciais para se proteger do tiroteio.

A corregedora-chefe informou que a vítima da extorsão é um jovem de 18 anos, que foi flagrado com lança-perfume pelo policial e seus comparsas. A princípio, Valmir pediu R$ 10 mil, mas acabou aceitando R$ 3 mil. O pai do rapaz, entretanto, denunciou a extorsão à DTE já que os criminosos se apresentaram como agentes da delegacia. Os policiais da Entorpecentes, então, armaram o flagrante na Pituba onde houve o tiroteio. Baleado, Valmir foi socorrido ao Hospital Geral Roberto Santos, no Cabula, mas não resistiu. 

No carro, policiais da DTE encontraram coletes e rádios comunicadores. Pouco depois do confronto, houve uma intensa mobilização na Corregedoria da Polícia Civil, na Chapada do Rio Vermelho, onde foi registrado o auto de resistência. Os delegados Nilton Tornes, titular da DRFR, e Carlos Hibib, titular da 16ª Delegacia, na Pituba, acompanharam o trabalho.

Category: NOTÍCIAS | Views: 773 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa