Domingo, 2022-11-27, 5:16 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2013 » Outubro » 22 » MONTE SANTO: JUIZ RETOMA TRABALHOS NA COMARCA DE EUCLIDES DA CUNHA
11:13 AM
MONTE SANTO: JUIZ RETOMA TRABALHOS NA COMARCA DE EUCLIDES DA CUNHA


O juiz Luís Roberto Cappio retomou as atividades na comarca de Euclides da Cunha, distante 315 km de Salvador, nesta segunda-feira (21). Cappio havia sido afastado em abril deste ano, após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) acatar denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), que apontava indisposição do juiz com os três promotores da comarca de Monte Santo, com serventuários da Justiça e com delegado de polícia da cidade. Por conta disso, o Procurador Geral Adjunto do Ministério Público da Bahia, Rômulo Moreira, pediu o afastamento do magistrado, que ainda sofre processo administrativo.

O nome de Cappio ganhou destaque por estar envolvido no caso de adoção ilegal de cinco crianças no município de Monte Santo. Foi ele quem solicitou o retorno dos menores, entregues irregularmente a casais paulistas, à cidade do interior baiano. Além da comarca de Euclides da Cunha, o juiz também é responsável pela de Monte Santo. À época, ele já se queixava da medida. Cappio alegou que os desembargadores do TJ-BA foram induzidos ao erro pela argumentação do MP baiano. Ainda segundo o juiz, era inadmissível que um magistrado fosse afastado de suas atividades da forma como ele foi. Cappio afirmou ainda que continuaria se defendendo até o fim, e que as pessoas responsáveis por tudo isso iriam pagar judicialmente. Para o juiz, a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia foi baseada em provas forjadas do MP-BA.

Caso Monte Santo


O caso Monte Santo ganhou repercussão nacional quando a imprensa começou a noticiar que cinco crianças tinham sido retiradas do convívio de seus pais, de forma ilegal, e entregues para adoção para famílias paulistas. O juiz da comarca municipal, Vitor Xavier Bizerra, afastado do cargo, além de intermediários, são acusados de participar de um esquema de adoção ilegal que, de acordo com a ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, pode ter ligação com um esquema de tráfico de crianças.

Desde então, membros da CPI do Tráfico do Tráfico de Pessoas ouviram a mãe dos menores, Silvânia Mota da Silva, e estiveram nos municípios nos municípios de Monte Santos e Euclides da Cunha para ouvir outros envolvidos e entender detalhes do caso, que segue sendo investigado pela Justiça. Os menores voltaram à cidade e ao convívio dos pais no dia 19 de dezembro do ano passado.

Fonte: Aratu Online

Category: NOTÍCIAS | Views: 308 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa