Domingo, 2021-12-05, 5:47 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2014 » Janeiro » 22 » CAPIM GROSSO: LOJA É ASSALTADA EM PLENA LUZ DO DIA
12:44 PM
CAPIM GROSSO: LOJA É ASSALTADA EM PLENA LUZ DO DIA


De acordo com informações colhidas com a proprietária e a funcionárias da loja Eudes Jóias, localizada na Avenida ACM, em Capim Grosso, um indivíduo ainda não identificado portando uma arma assaltou o estabelecimento levando uma grande quantia em mercadorias. Segundo os relatos o homem de aproximadamente 1,65m, cor parda, boa aparência e aparentando ter 30 anos de idade apresentou-se no balcão da loja fazendo se passar por cliente e pediu para olhar alguns artigos. Quando percebeu que não havia mais ninguém no local ele sacou a arma, colocou embaixo de um livro e anunciou o assalto. As funcionárias, que nós vamos informar apenas as iniciais, sendo elas T.R.O.S, de 17 anos e L.O.N, de 21anos, contaram para nossa equipe que o homem foi logo pedindo calma, dizendo ser profissional e que só queria a mercadoria. Ele tomou os celulares a fim de que elas não pudessem fazer contato com ninguém e as trancou no escritório, porém deixando a chave na porta pelo lado de fora. Após recolher tudo do seu interesse, o assaltante ainda pediu uma bolsa que estava no ambiente para colocar a mercadoria e saiu pela porta da frente que permaneceu aberta o tempo todo. Só depois de 5 minutos que ele foi embora as funcionárias tomaram coragem para abrir uma pequena janela do escritório e pedir ajuda a um pedestre que passava em frente para que abrisse a porta. Elas ainda informaram que o tempo em que ele se passou por cliente foi de aproximadamente 15 minutos, e o assalto durou apenas 5. A Polícia Militar foi acionada e chegou ao local alguns minutos depois, colheu informações e partiu em diligência na tentativa de captura do meliante. A proprietária da loja juntamente com as funcionárias foram até a Delegacia para registrar a ocorrência. Para elas restaram o alívio por estarem vivas e com a integridade física preservada, o prejuízo material, o susto e o que é pior, o medo de se viver e trabalhar em meio a insegurança pública que reina soberana.

Texto e foto: Repórter Milton Santos.

Category: NOTÍCIAS | Views: 1629 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa