Sexta-feira, 2020-08-07, 7:01 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2015 » Setembro » 16 » LAURO DE FREITAS: BEBÊ ACHADO EM LIXO TEM ALTA, MAS FICA EM HOSPITAL À ESPERA DE REGISTRO
4:29 PM
LAURO DE FREITAS: BEBÊ ACHADO EM LIXO TEM ALTA, MAS FICA EM HOSPITAL À ESPERA DE REGISTRO

A recém-nascida abandonada em um cesto de lixo na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, recebeu alta, mas permanece internada no Hospital Menandro de Faria, nesta quarta-feira (16). As informações são da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Os pais da criança ainda não foram localizados.

Ao G1, a Vara da Infância e Adolescência de Lauro de Freitas informou que a saída da criança do hospital depende do registro de nascimento, trâmite que já está sendo resolvido na manhã desta quarta-feira pelo Conselho Tutelar. A destinação da criança para uma instituição em Lauro de Freitas deverá acontecer também nesta quarta-feira. O local que servirá de abrigo para a recém-nascida será definido pelo Juizado.

Conforme a Sesab, antes de receber alta, ocorrida na segunda-feira (14), a criança,chamada carinhosamente de Valentina pelos enfermeiros, foi submetida a exames e tomou vacinas.

Abandono
O bebê foi encontrado no lixo pelo vigilante e catador de produtos recicláveis Jailton Mendes da Silva, no dia 6 de setembro. Ele contou que levou um susto ao encontrar obebê recém-nascido que foi abandonado dentro da caixa de papelão.

O bebê foi localizado na Rua Iraci Galvão Pedreira, em Ipitanga. Médicos do Hospital Menandro de Faria, para onde o bebê foi levado, disseram que a criança aparentava ter nascido duas horas antes de ser encontrada.

Jailton, que nas horas vagas sai pelas ruas à procura de produtos recicláveis, disse que desconfiou do peso da caixa. "Depois que eu cheguei e parei a bicicleta, eu desci e vi a caixa. Fui até ela e a peguei. Achei um pouco pesada e ví que tinha uma criança e andei para trás".

Quando foi encontrada, a menina estava vestida, limpa e dormindo. Sem saber o que fazer, o vigilante pediu ajuda a uma moradora que passava pelo local, a estudante Dilma Santos.

"Dei o socorro a ele e ele entrou no carro com a criança na caixa. Fiquei nervosa e não conseguia nem dirigir. Depois, parei o carro na minha casa e pedi que o meu esposo levasse logo a criança à polícia ou até o hospital", contou.

Também nervosa, Dilma pediu que o marido fosse até a delegacia. "Fui até lá e eles me orientaram a levar a criança para o [Hospital] Menandro de Faria", destacou Selmo Ferreia, auxiliar técnico de engenharia.

Ele contou que a criança estava tranquila e que não chorou. "Tava super bem. Nenhuma reação de choro". Quando foi encontrada, a menina estava com 2,7 quilos e media 47 centímetros.

Fonte: G1

Category: NOTÍCIAS | Views: 253 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 10
Convidados: 10
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa