Sábado, 2019-12-14, 11:40 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Calendario
Metereologia
Main » 2019 » Abril » 28 » JOVEM DE CAPIM GROSSO NA BAHIA REALIZA SONHO DE SERVIR AO EXÉRCITO DO IRAQUE
8:35 AM
JOVEM DE CAPIM GROSSO NA BAHIA REALIZA SONHO DE SERVIR AO EXÉRCITO DO IRAQUE
É muito comum o sonho de jovens brasileiros servirem as Forças Armadas, porém, essa vontade pode ir além disso. O site br324.com entrevistou com exclusividade Antonio Henrique dos Santos Almeida, 19 anos, nascido em Capim Grosso-BA em 28 de outubro de 1999, filho dos saudosos Maria Iza dos Santos Almeida (Professora Iza) e Erivaldo Ramos de Almeida (Pé de Galinha) e que hoje faz parte do Exército Iraquiano. Henrique morou em Capim Grosso até 2018, estava deprimido com a morte dos pais e segundo ele não aguentava mais ficar no Brasil. Através das redes sociais com postagens de vídeos no Instagran começou a ser seguido por membros do exército iraquiano.  "Eu colocava a # (hastag) de um lutador muito famoso do  Iraque de MMA e UFC, mas não imaginava ganhar os seguidores, são pessoas de Kusditan, parte que divide o país, do outro lado fica a Síria, Vietnã e Bagdá”, explicou. "Entrei em contato, pois queria ir pra lá, colocava as palavras em português no google tradutor e recebia em Persa (dialeto iraquiano) e mandava pra eles que respondiam e eu traduzia”, continuou. Para chegar ao destino final vendeu uma moto, "eu tinha uma moto 300 cilindradas vendi e comprei a passagem, em um mês, já estava lá”, disse.  Pegou um voou de Salvador para São Paulo e depois para Portugal e em seguida chegou em Istambul na Turquia e por último em Erbil no Iraque, por volta de meia noite, pegou um taxi até a base militar, ligou de chamada de vídeo e um componente do exército o levou até as dependências, onde o serviram pão, café e queijo. Segundo Henrique ele é o único brasileiro servir ao exército iraquiano em sua base, e contou ao br324, que chegou a pensar em tirar a própria vida, porém hoje já tem outra forma de pensar sobre o comportamento do ser humano. Disse ainda que não quer mais voltar para o Brasil, pretendendo seguir carreira militar já que conseguiu o visto de permanência no país.  Explicou que o Iraque nada tem contra outros países, apesar dos problemas com a Turquia, por estarem mais alinhados com os Estados Unidos e França, questões de combate ao Estado Islâmico, "algumas pessoas do Iraque cansaram de sofrer atentados e o Governo se alinhou com a América e criaram o grupo PAK”.

Relatou que só existe duas bases do Estado Islâmico, acreditando que a guerra já esteja próxima do fim. Já participou de conflitos na Síria e faz parte do Partido Liberacion de kurditan que procura a liberdade das pessoas, pois segundo ele o Estado Islâmico aproveita de crianças de 12 anos de idade para transformarem em homens bombas. "O exército iraquiano acredita em Deus, porém o que motiva a guerra não é a religião e sim o petróleo”, definiu. Sua rotina social no país é sair com colegas para shoppings, parques e comer pizza, nunca tinha pego em armar antes de se alistas nas forças armadas iraquianas e quatro dias após sua chegada teve o primeiro contato, com cursos e direcionamentos já desmonta um ak47 (metralhadora) em 19 segundos, sendo seu recorde pessoal. Segundo Henrique tem apenas ele de brasileiro nessa base além de uma mulher a qual não tem aproximação, e que muitos do Brasil vão para a França, país que pretende morar após o término do projeto.  "Sempre foi isso que eu quis e a pessoa que quer alguma coisa deve correr atrás, não ligar para críticas de outras pessoas assim o sonho pode ser realizado, "não se misturando com amizades ruins e ouvir muito os seus pais”, finalizou.

Texto: BR324

Fotos arquivo: BR324

Category: NOTÍCIAS | Views: 324 | Added by: antonio | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 6
Convidados: 6
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa