Domingo, 2021-04-18, 12:00 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Julho » 21 » JEQUIÉ: JOVEM ASSASSINADA ATIROS NO CENTRO DA CIDADE
9:32 AM
JEQUIÉ: JOVEM ASSASSINADA ATIROS NO CENTRO DA CIDADE

Corpo da adolescente permaneceu exposto por muito tempo na via púvlica atraindo a atenção de multidão de curiosos

Dois indivíduos em uma motocicleta,  sem identificação pela Polícia, deflagraram vários tiros de revolver contra a adolescente Camila Santos de Jesus, 17 anos, apelidada de Tuca, que tombou morta no local e um adolescente  V. F. B., 17 que estava em sua companhia e foi alvejado nas costas, sendo levado com vida para o Hospital Geral Prado Valadares, onde permanece sob cuidados médicos.

A jovem Camila, que foi atingida em várias partes do corpo, era moradora do bairro Pompílio Sampaio.

O atentado, ocorreu por volta das  17h, de quarta-feira (20),  na Rua São Cristóvão, no centro de Jequié.  A Polícia levantou a hipótese do duplo  atentado ter  sido praticado por conta de  acerto de contas de traficantes de drogas. Poucos minutos após, a Central da Polícia Militar tomava conhecimento de um novo atentado ocorrido em uma área entre a Pedreira e o Cansanção, tendo como vítima o menor de iniciais J.S.V, 13, que foi ferido a bala, sendo levado por uma ambulância SAMU 192 para a emergência do Hospital Prado Valadares.


Camila Santos de Jesus


Maracás Luan Macedo, 16 Na manhã de quarta, 20, a Polícia de Jequié, identificou o corpo de um adolescente encontrado na estrada com seis perfurações de bala na estrada de acesso ao lago da Barragem da Pedra. Tratava-se do menor Luan Cristian Macedo, 16 anos, que morava em companhia dos pais na Avenida João Durval Carneiro, na cidade de Maracás. De acordo com o pai do menor, Raimundo Barbosa, ele teria saído de casa na segunda-feira (18) com o pretexto de ir jogar bola com amigos. Sem que tenha retornado como de costume, os familiares passaram a procurá-lo, comunicando o seu desaparecimento à Polícia. Na terça-feira (19) um corpo de sem identificação foi encontrado e levado pela o IML de Jequié, onde os pais fizeram o reconhecimento. Os familiares admitiram que Luan era usuário de drogas, mas "era um bom menino”. Ele cursava a 5ª série no Colégio Normal de Maracás. Os peritos do IML, levantaram a hipótese de ter sido utilizada mais de uma arma para matar o menor.

Category: NOTÍCIAS | Views: 780 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa