Segunda-feira, 2024-02-26, 6:42 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2014 » Setembro » 30 » JABORANDI: GOVERNO BAIANO CONTÉM NOVA INVASÃO DE GOIANOS EM TERRAS PRODUTIVAS DA BAHIA
3:28 PM
JABORANDI: GOVERNO BAIANO CONTÉM NOVA INVASÃO DE GOIANOS EM TERRAS PRODUTIVAS DA BAHIA

O governador do estado, Jaques Wagner, enviou no início da manhã desta segunda-feira, 29, duas equipes da CIPE/Cerrado, juntamente com o prefeito Humberto de Santa Cruz, nomeado seu representante, para a fazenda Santo Expedito, no município de Jaborandi, na divisa com o estado de Goiás.

A casa civil do governo da Bahia recebeu a informação de que um juiz da comarca de Posse/GO havia dado uma ordem de reintegração de posse de uma área em litígio para o governo goiano.

A área em questão pertence à família Franciosi e sofre com indefinição geográfica da região e o interesse de políticos e do governo goiano, que além de requerer o direito a área ainda que expulsar os fazendeiros da região 'que agora produtiva interessa a cobiça dos goianos'.

Viagem

Por volta das 06h, o prefeito Humberto Santa Cruz, acompanhado de advogados e do produtor Antônio Franciosi partiu em um voo para a localidade em questão.

Na fazenda, a comitiva foi recebida por duas guarnições da CIPE/Cerrado, comandadas pelo capitão Quesado. Pouco depois, chegaram policiais do estado vizinho acompanhados de quatro oficiais de justiça.

Os oficiais queriam fazer cumprir a ordem da justiça goiana de desapropriar a área. “A justiça de Goiás deu uma reintegração de posse de uma área que nunca foi deles”, disse Franciosi.

O clima ficou tenso e houve ameaça de enfrentamento das duas polícias. Os goianos exaltados queriam a todo custo se apropriar da área e os baianos estava determinados a cumprir a ordem do governador Jaques Wagner de não arredar pé do local.

Num determinado momento, o clima ficou tenso e o governo baiano determinou que mais policiais fossem deslocados para a área.

Conversa

Após o clima tenso ambas as partes resolveram conversar. Primeiro a conversa teve início dentro de uma caminhonete, mas logo em seguida, as duas partes se reuniram em um galpão da sede da fazenda onde após horas de negociação, o estado de Goiás recuou na decisão de tomar a força as terras baianas, dando prazo para que os fazendeiros da área saiam do local em 30 dias.

O prazo foi aceito como uma vitória para os baianos que já estão recorrendo junto ao STF em Brasília para derrubar a liminar da justiça de Posse. Em entrevista ao repórter Sigi Vilares, Humberto Santa Cruz comentou a decisão da justiça goiana. “Não pode um magistrado do Goiás dar reintegração de posse no estado da Bahia. Temos hoje um juiz de Posse querendo fazer o estado da Bahia seguir uma decisão que é só dele. Ele agiu em causa própria”, protestou o prefeito.

Uma fonte ligada ao governo do estado confidenciou que, caso a liminar não seja derrubada na justiça, no próximo mês um grande efetivo policial baiano irá para o local e não permitirá que os goianos invadam a Bahia. 

Fonte: Sigi Vilares

Category: NOTÍCIAS | Views: 468 | Added by: monica01 | Rating: 0.0/0
Registro de arquiv
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 6
Convidados: 6
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa