Sábado, 2021-11-27, 7:59 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Calendario
Metereologia
Main » 2012 » Novembro » 13 » ITAPETINGA: PROFESSORA DE 36 ANOS FOI ASSASSINADA NO BAIRRO NOVA ITAPETINGA
11:09 AM
ITAPETINGA: PROFESSORA DE 36 ANOS FOI ASSASSINADA NO BAIRRO NOVA ITAPETINGA

Moradores da Travessa São Luis, bairro Nova Itapetinga, ficaram perplexos diante do bárbaro homicídio ocorrido por volta das 21:50h desta segunda-feira, 12/11, tendo como vítima, a professora Alexandra Pereira Silva, 36 anos, residente na dita travessa, na casa de nº 12, alvejada por disparos de arma de fogo.

O crime foi praticado pelo próprio esposo de nome Marcos Silva Gonçalves, que adentrou o imóvel armado e executou a vítima na entrada da cozinha, na presença dos demais familiares. A Polícia Militar e o SAMU foram acionados, mas quando chegaram à residência, a vítima tinha vindo a óbito.

Familiares passaram mal e tiveram que ser encaminhados ao Pronto Socorro da UPA nas ambulâncias da Secretaria de Saúde do Município. O delegado plantonista Dr. José Robson e o investigador Marcos Bandeira estiveram no local para o levantamento cadavérico.

O corpo de Alexandra foi removido do local e será encaminhado para o IML de Vitória da Conquista para autopsia. De acordo com a Polícia Civil, Itapetinga já estava há quase dois meses sem registro de homicídio, vez que o último foi o de Dadinho, em 19 de setembro de 2012, também na Nova Itapetinga.

As Polícias Civil e Militar empreenderam diligências com intuito de localizar e prender o assassino que se encontra foragido. Alexandra era professora e dava banca em casa, mas trabalhava na Secretaria da Escola Esther Ferraz (bairro Clodoaldo Costa).


Marcos Silva Gonçalves, 39 anos, conhecido por (Marcos Chaveiro), já que possui um chaveiro na Praça da Bandeira (Centro), residente na Rua São Mateus, nº 56, bairro Primavera. Marcos era casado com a professora Alexandra, mas o casal estava em via de separação, mas ele nunca aceitou o fim do casamento.

Marcos sempre procurava pela esposa no endereço da tragédia, inclusive nesta segunda-feira, 12/11, ele esteve na casa duas vezes, em uma delas discutiu com a vítima, e por último empunhando arma de fogo, efetuou disparos em direção a cabeça da própria esposa, que morreu na entrada da cozinha.

A Polícia continua no encalço do assassino, inclusive esteve em sua residência, onde foram apreendidas fotografias e um notebook.

Apreensão da arma e da motocicleta utilizadas no crime:

A Policia Civil através do delegado titular Roberto Júnior e sua equipe já apreendeu a arma de fogo (revólver cal.38) municiado com um cartucho deflagrado e a motocicleta utilizada pelo assassino frio que ainda se encontra foragido.

A comunidade tem colaborado com informações e já ventilou a possível localidade onde o assassino pode estar homiziado (escondido), para onde os delegados Roberto Júnior, José Robson e uma equipe da Polícia Civil estão se deslocando com intuito de prendê-lo em flagrante.

Fonte: Itapetinga na Mídia

Category: NOTÍCIAS | Views: 538 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa