Sábado, 2022-12-03, 1:10 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Novembro » 14 » GRUPO CAMINHA EM RUAS DO CENTRO DE SALVADOR EM PROTESTO CONTRA CUNHA
9:22 AM
GRUPO CAMINHA EM RUAS DO CENTRO DE SALVADOR EM PROTESTO CONTRA CUNHA

Um grupo de manifestantes realizou caminhada por ruas no centro de Salvador, na tarde desta sexta-feira (13), em mobilização contra o presidente da Câmara, o deputado federal Eduardo Cunha. Os participantes começaram a caminhar por volta das 16h20, saindo do Largo do Campo Grande, seguiram pela Avenida Sete, até chegarem à Paraça Castro Alves, por volta das 17h30. A manifestação foi encerrada às 17h40, quando o grupo começou a dispersar.

Os organizadores não divulgaram uma estimativa da quantidade de participantes, mas de acordo com a Polícia Militar, cerca de 300 pessoas estiveram no protesto.

O ato ocorreu de forma pacífica e foi acompanhado pela Polícia Militar, Guarda Municipal e Superintendência de Trânsito de Salvador. Por volta das 16h30, apenas uma faixa da via estava livre para a passagem de veículos, o que já causava retenções no trânsito.

Patrícia Chaves, uma das coordenadoras do Levante Popular da Juventude, entidade que está à frente da mobilização na capital baiana, disse que a concentração começou por volta das 15h30. "Essa mobilização é para mostrar para a sociedade e para o Congresso que não estamos satisfeitos com a forma de fazer política", afirmou a coordenadora.

Nas ruas, os manifestantes exibiram cartazes com mensagens como "Fora Cunha", "A Bíblia não é nossa Constituição", "Meu corpo é laico", "Nem o estado, nem a religião, eu decido", "Pelo Estado laico, contra o fundamentalismo religioso. Fora Cunha".

A professora Unayana da Costa, uma das participantes disse que o ato é "uma questão de conscientização". "É importante para o exercício da cidadania. O engajamento da população é o que vai pressionar para que haja mudança", afirmou durante a manifestação.

"Cunha tem medidas conservadoras, como a PL da terceirização, PL 5.069 e maioridade penal. Por essas medidas, ele deve cair. Ele não nos representa”, disse o estudante João Batista.

"Estamos protestando contra as medidas conservadoras de Eduardo Cunha, que ferem o direito do povo. No caso da mulher, com a PL 5069, quanto da juventude negra a partir do momento que foi aprovada a menor idade penal", comentou a estudante Jamile Araújo, integrante do Levante Popular da Juventude.

A PL 5.069, de autoria de Eduardo Cunha, torna crime instigar, induzir ou auxiliar uma gestante a abortar. Além disso, a proposta também passa a exigir exame de corpo de delito no caso de estupro.

Fonte: G1

Category: NOTÍCIAS | Views: 346 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa