Quinta-feira, 2020-10-01, 1:46 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2012 » Julho » 13 » FEIRA DE SANTANA: PRESOS ENVOLVIDOS NO SEQUESTRO DE MÉDICA, ENTRE ELES UMA PACIENTE
4:20 PM
FEIRA DE SANTANA: PRESOS ENVOLVIDOS NO SEQUESTRO DE MÉDICA, ENTRE ELES UMA PACIENTE

estão presos em Feira de Santana, os três acusados de terem sequestrado a médica Renata Soraia Alves Costa, no dia 27 de fevereiro deste ano. Segundo a polícia, a paciente da vítima, Valdirene Alves da Rocha, foi quem planejou o sequestro e pediu R$ 200 mil pelo resgate
 
Ela foi presa no dia 12 de junho, na BR-324, quando tentava fugir com 300 gramas de cocaína, e foi a partir desta prisão que a polícia conseguiu chegar aos outros dois envolvidos: Valberto Vilas Boas de Carvalho, 30 anos, que reside em Simões Filho e foi preso em casa ontem (12); Luciano José Ramos da Silva, o "Belo”, que morreu em confronto com a polícia, em Simões Filho, no mês passado, e  a domestica Miram Santos Souza, 19 anos, moradora do conjunto  Feira IX, acusada de participar do sequestro cuidando da casa que funcionava como cativeiro.

Valberto foi apresentado no Complexo Policial Investigador Bandeira, na manhã desta sexta-feira (13) e informou em entrevista coletiva que receberia R$ 40 mil. 
 
De acordo com o coordenador Regional de Polícia, Ricardo Brito, Valberto e Luciano foi quem colocaram a médica no carro quando a mesma saia da UBS (Unidade Básica de Saúde), situada na rua São Roque, no bairro Parque Getúlio Vargas.
 
Ele roubaram um veículo Fiat Uno, preto, para realizar o sequestro e que foi recuperado. Segundo a Polícia Civil, Valberto tem diversas entradas em delegacias e é apontado como um dos principais ladrões de carros da região de Simões Filho. Ele também praticou assaltos e tráfico de drogas naquela cidade. Indiciado pelo crime de extorsão mediante sequestro, ele ficara custodiado no Presídio Regional de Feira de Santana, à disposição da Justiça.
 
 
De acordo com o delegado, não houve pagamento de resgate. As negociações foram feitas diretamente entre o marido da médica, Edson Souza, e os sequestradores. Edson foi orientado pela Polícia Civil a não pagar o resgate e a negociar com os bandidos usando técnicas policiais.
 
Cativeiro
 
Renata Soraia ficou três dias sob o poder dos sequestradores, mas segundo Ricardo Brito, ela não foi maltratada. A médica ficou em um quarto com banheiro, tinha alimentação e não apresenta lesões. Muito abalada, ela disse que não viu nada porque ficou o tempo todo com os olhos vendados.  
 
Fonte: Acorda Cidade.
Category: NOTÍCIAS | Views: 572 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 12
Convidados: 12
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa