Domingo, 2021-11-28, 9:27 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia
Main » 2014 » Abril » 7 » FEIRA DE SANTANA: MULHER SOFRE TENTATIVA DE CORTES NA BARRIGA APÓS SER CONFUNDIDA COM GRÁVIDA
5:32 PM
FEIRA DE SANTANA: MULHER SOFRE TENTATIVA DE CORTES NA BARRIGA APÓS SER CONFUNDIDA COM GRÁVIDA

Uma jovem de 25 anos, moradora do bairro Parque Lagoa Subaé, em Feira de Santana, foi agredida por engano na manhã desta segunda-feira (7). Ela foi abordada na Rua Mistura Fina, mesmo bairro, por um homem que a confundiu com uma mulher de pré-nome Helena, que estaria grávida. Com um estilete, o homem tentou abrir a barriga da jovem, afirmando que queria tirar a criança. Ele cortou uma parte dos cabelos dela e deflagrou um tiro, que não a atingiu.

  “Eu levei minha filha para a escola e quando estava voltando fui abordada por um rapaz com uma arma em punho. Ele pediu pra eu andar e não reagir porque ele iria me matar. Ele me chamava o tempo inteiro pelo nome Helena e disse que um homem chamado Marcone, o qual eu já conhecia, pois teria dormido muito tempo com ele, tinha mandado me matar”, relatou a jovem.

Mesmo ela dizendo que não se chamava Helena e que não estava grávida, o homem passou o estilete na barriga dela dizendo que iria tirar o bebê. A jovem contou que o homem pediu para que ela tirasse a roupa, pois ele queria ver uma tatuagem de beija-flor. Quando ela tirou a roupa, o homem percebeu que a mulher realmente não se tratava de Helena. 
 
“Ele ficou nervoso, passou o estilete no meu cabelo e eu falei que queria ir embora. Ele disse que eu não deveria falar nada com a polícia, depois mandou que eu entrasse em uma casa abandonada. Nesse momento, eu saí correndo, fiquei abrigada embaixo de uma árvore e depois pedi socorro em uma casa”, afirmou. 
 
“O momento que tive mais medo foi quando ele começou a gritar que o homem deu a arma errada, que o estilete estava cego e que o homem disse que Helena estava de calça preta e blusa vermelha. Eu estava de bermuda preta e blusa vermelha. Quando ele viu que eu não era Helena, ele ficou muito nervoso e dizia o tempo todo que ia me matar”, continuou.
 
O Coronel Aldemário Xavier informou que o objetivo da polícia é identificar e prender o autor e o mandante desse crime. Segundo ele, o depoimento da vítima vai ser importante no reconhecimento do suspeito. “Ele pediu que ela não procurasse a polícia e agora ela é uma testemunha viva, por isso cabe à polícia garantir a segurança dessa jovem”, afirmou.
 
Fonte: Acorda Cidade
Category: NOTÍCIAS | Views: 777 | Added by: Georgia | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa