Terça-feira, 2022-11-29, 2:31 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Novembro » 19 » FEIRA DE SANTANA: CAMELÔS E ARTESÃOS DO CENTRO DE ABASTECIMENTO PROTESTAM CONTRA O SHOPPING POPULAR
2:30 PM
FEIRA DE SANTANA: CAMELÔS E ARTESÃOS DO CENTRO DE ABASTECIMENTO PROTESTAM CONTRA O SHOPPING POPULAR

Um grupo de camelôs, vendedores ambulantes do centro da cidade e artesãos do Centro de Abastecimento fechou o cruzamento das avenidas Senhor dos Passos e Getúlio Vargas na manhã desta quinta-feira (19) como forma de protesto. Eles se manifestaram contra a construção do Shopping Popular, projeto da prefeitura em Parceria Público Privada (PPP).

O camelô Carlos Alberto informou que o Movimento Unificado dos Camelôs e Ambulantes de Feira de Santana é totalmente contra a construção do Shopping, pois eles acreditam que o empreendimento não vai dar certo.

“Nos outros lugares e capitais, segundo pesquisas que fizemos pela internet, todos faliram. Além disso, tem o primeiro e segundo piso. Aqui no Arnold Silva Plaza, que tem não sei quantos anos, até hoje o segundo andar não funciona. O Jomafa não funciona, faliu. E lá em baixo no centro de abastecimento, quem vai garantir?”, questionou.

O ambulante sugeriu que o prefeito José Ronaldo deveria seguir o exemplo de ACM Neto e relembrou que a profissão é regulamentada. “Ele está padronizando e não tirando os camelôs do meio da rua. Nós queremos que o prefeito José Ronaldo respeite o direito de cada um desses camelôs, que hoje é uma profissão regulamentada”, disse.

Para o camelô Paulo da Silva Brito, o projeto vai excluir várias famílias. “Vários camelôs e ambulantes não tem a mínima condição de pagar esses valores. É mais de R$ 600 por mês cada box de 5m² no período de 30 anos”, informa.

“Essa é uma forma de a gente chamar a atenção da população, porque o povo de Feira está pensando que esse shopping o prefeito vai fazer para a gente, mas não. A gente vai ter que pagar aluguel, condomínio e outras taxas”, finaliza.

Fonte: Acordacidade

Category: NOTÍCIAS | Views: 206 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa