Segunda-feira, 2022-12-05, 9:29 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2015 » Dezembro » 14 » FEIRA DE SANTANA: AGENTES SOCIOEDUCADORES PROTESTAM EM FRENTE AO ZILDA ARNS E AMEAÇAM ENTRAR EM GREVE
5:35 PM
FEIRA DE SANTANA: AGENTES SOCIOEDUCADORES PROTESTAM EM FRENTE AO ZILDA ARNS E AMEAÇAM ENTRAR EM GREVE

Cerca de 40 agentes socioeducadores da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Zilda Arns, em Feira de Santana, realizaram uma manifestação em frente à unidade, na manhã desta segunda-feira (14), e anunciaram um indicativo de greve caso a pauta de reivindicação da categoria não seja atendida.

 

De acordo com Zito Santos, diretor de formação do Sindicato dos Agentes Disciplinares Penitenciários e Agentes Socioeducadores Empregados Terceirizados, Temporários e Contratados em Regime Especial Administrativo do Estado da Bahia (Sindap), na pauta há quatro itens principais:

“O primeiro deles é o acordo coletivo de trabalho. Nossa data-base é em janeiro e desde outubro passamos a relação de reivindicações para a Fundação José Silveira, que é uma terceirizada contratada pela Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac). Até o momento a empresa alega que a Fundac não deu um parecer. O segundo ponto é o corte das horas-extras, sem nenhuma justificativa.Trabalhamos plantões de 24 horas e recebíamos uma hora-extra por conta disso. O terceiro item é a questão da José Silveira, que está há 60 dias sem contrato, já que o mesmo venceu e a Fundac não se manifestou ainda, nem mesmo lançou edital. Com isso a categoria fica insegura. E por fim tem a questão dos vencimentos, que é um cuidado do sindicato de estar diretamente pressionando o estado e, mesmo a José Silveira sem contrato, para pagar através de fatura e não ter atraso no pagamento do salário, embora nosso salário esteja extremamente defasado. Nosso salário está abaixo de um vigilante e de um agente de portaria, por exemplo”, informou.

Zito destacou a função social do trabalho dos socioeducadores e informou que o sindicato está planejando uma caminhada pelo centro da cidade. Nesta terça, quarta e quinta-feira também haverá outras mobilizações da categoria em frente ao Zilda Arns. Durante estes protestos, o atendimento aos adolescentes continuam sendo realizados normalmente através dos plantonistas.

“Há um indicativo de greve por conta da dificuldade de diálogo com o estado. A Fundac se mantém silenciosa e se não der nenhum sinal já em janeiro faremos um movimento para papar todas as unidades de Salvador, Camaçari, Cia e Feira de Santana.

Fonte: Acorda Cidade

Category: NOTÍCIAS | Views: 233 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa