FAMILIARES E AMIGOS DE JOVEM ESPANCADO EM ÁREA EXTERNA DE SHOPPING FAZEM PROTESTO - 8 August 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Saturday, 2016-12-03, 8:51 PM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » August » 8 » FAMILIARES E AMIGOS DE JOVEM ESPANCADO EM ÁREA EXTERNA DE SHOPPING FAZEM PROTESTO
4:11 PM
FAMILIARES E AMIGOS DE JOVEM ESPANCADO EM ÁREA EXTERNA DE SHOPPING FAZEM PROTESTO

Parentes e amigos do webdesigner Milton França Júnior, de 23 anos, que ficou em coma após ser espancado na área externa do Boulevard Shopping, no município de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador, fizeram uma manifestação na tarde deste sábado (6) pelas ruas da cidade.

 
Os manifestantes saíram de uma das principais avenidas de Feira de Santana e foram em direção ao shopping, onde pararam para cobrar Justiça.
 
O policial militar Miguel Ângelo Almeida de Assis, 39 anos, se apresentou à Polícia Civil na quarta-feira (3) e, de acordo com o delegado João Uzzum, titular da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), alegou que deu um soco no rapaz após ser chamado de 'macaco' pela vítima, durante uma discussão no centro de compras. O webdesigner está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral Clériston Andrade com traumatismo craniano e traumas no tórax.
 
"Ele [o PM] foi reconhecido por uma testemunha como sendo o autor da agressão. Além disso, imagens de câmeras de segurança às quais a polícia teve acesso também levaram a ele. O PM, que é negro, confessou a agressão, alega ter havido uma discussão e diz que o rapaz chamou ele de macaco. Ele afirma que, por conta da ofensa, ficou nervoso e deu um soco na vítima", disse o delegado, em contato com o G1.
 
Ao contrário do que o pai da vítima relatou na denúncia, de que o filho teria sido agredido por dois seguranças do shopping, o PM afirmou no depoimento que não trabalha no estabelecimento comercial. O policial, que atua na corporação em Feira de Santana há oito anos, destacou que tinha ido ao shopping para assistir a um filme no cinema com um amigo quando foi xingado pelo webdesigner. O amigo do PM, segundo a polícia, não teria se envolvido na discussão, mas será chamado para prestar depoimento.
 
"Ele [o PM] alega que não é segurança do shopping, mas tudo indica que se trata de um segurança clandestino. E foi apenas ele quem agrediu. Não houve um segundo agressor. Isso fica claro nas imagens analisadas pela polícia. Um segurança do shopping estava também na situação, mas somente ele [o PM] agrediu. As testemunhas também dizem o mesmo", destacou Uzzum.
 
O PM disse que deu apenas um soco no rapaz e que deixou o local logo após a agressão, mas a polícia ainda investiga porque a vítima, além de traumatismo craniano, tambem apresenta traumas no tórax.
 
"Será encaminhado um ofício ao Departamento de Polícia Técnica para que seja feita perícia de corpo de delito nesse rapaz, para que a gente possa verificar se de fato somente o soco ocorreu e se ele [a vítima] sofreu os traumas no tórax ao cair", destacou a delegada Ludmilla Vilas Boas, que tamb
 

ém acompanha o caso.

 
Ainda conforme a Polícia Civil, o PM foi liberado após o depoimento nesta quarta por ter se apresentado espontaneamente. "Ele também tem emprego fixo e, por isso, não vejo elementos para pedir a prisão preventiva dele. O inquérito vai tramitar de maneira regular e nós temos prazo de 30 dias para remeter à Justiça", afirmou o delegado João Uzzum.
Category: NOTÍCIAS | Views: 629 | Added by: Michele | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 34
Guests: 34
Users: 0
Sites

Copyright MyCorp © 2016