Terça-feira, 2020-09-29, 2:33 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2011 » Janeiro » 7 » FALAR AO CELULAR É A 6ª INFRAÇÃO DE TRÂNSITO MAIS COMETIDA PELOS BAIANOS
10:27 PM
FALAR AO CELULAR É A 6ª INFRAÇÃO DE TRÂNSITO MAIS COMETIDA PELOS BAIANOS

Conduzir o carro com apenas uma das mãos ao volante é prática condenada

Entre as seis infrações de trânsito mais cometidas pelos condutores baianos, dirigir o veículo utilizando telefone celular ocupa a quinta posição. No ano passado, entre os meses de janeiro e outubro, foram aplicadas no Estado 26.244 multas a motoristas que insistiram em falar ao aparelho de telefonia móvel enquanto conduziam seu carro.

Esse número equivale a 7% do total de 370.386 multas aplicadas para os seis principais tipos de infração. O percentual de 2010 (ainda que parcial) supera o  do ano anterior, quando equivaleu a 5,1%. Em 2009, durante todo o ano, foram 26.620 multas por dirigir usando telefone celular, enquanto o total das seis infrações mais aplicadas foi de 520.804.

O levantamento do Departamento de Trânsito da Bahia (Detran) serve de alerta para um comportamento corriqueiro dos motoristas baianos e que coloca em risco a segurança no trânsito. Na quarta-feira, 5, em um acidente na Avenida Tancredo Neves, uma condutora perdeu o controle do veículo, atropelou um pedestre e seu carro colidiu contra a vitrine de uma loja. Segundo testemunhas, ela estaria falando ao celular enquanto dirigia.

Conforme o Art. 52 do Código Brasileiro de Trânsito, falar ao celular ou mesmo com fone de ouvido conectado enquanto se está ao volante trata-se de infração média, que rende quatro pontos na carteira nacional de habilitação (CNH), mais multa de R$ 85,13. O consultor e instrutor na área de trânsito Cássio Magno alerta para os riscos. O primeiro deles é que ao atender o telefone, o condutor dirige com apenas uma mão. Ao passar o carro por um buraco, a depender da velocidade, pode perder o controle do veículo e causar um acidente de graves proporções.

A possibilidade de um acidente também cresce porque o condutor divide sua atenção com quem está do outro lado da linha. "A pessoa se distrai com facilidade, a depender do nível da conversa. E a notícia também pode abalar o estado emocional”, ressalta Cássio Magno, que dá aulas na autoescola Veja e em outros Centros de Formação de Condutores, tanto para quem pleiteia a primeira habilitação, quanto para renovação de carteira e reciclagem.

Magno observa que  motoristas iniciantes saem conscientes, porém, ao verem os demais adotarem a conduta  ilegal e permanecerem impunes devido à ineficiência da fiscalização, acabam adotando a mesma postura. "Ele cria, então, um ciclo vicioso, que só termina quando sofre um acidente”, alerta o consultor.

Mas não é apenas o celular que leva à distração e falta de atenção, acrescenta  Ana Cristina Regueira, diretora da Escola  Pública de Trânsito (Eptran) do Detran. Uma simples troca de CD, ou mesmo, a busca por um objeto no banco do carona e no de trás pode ser fatal.

"Porque diminui o foco principal, que é a via. É obrigação do motorista estar atento aos pedestres”, explica Ana.  Apesar dos condutores estarem mais bem preparados, por terem aulas de educação no trânsito, os pedestres também precisam ter uma postura consciente, atravessando na faixa e usando as passarelas.

Category: NOTÍCIAS | Views: 785 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa