Quinta-feira, 2021-12-09, 5:17 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
ESPORTES
noticias do esporte
NOTÍCIAS
informação
EVENTOS CULINÁRIA
HUMOR CURIOSIDADES
CIÊNCIA ANIVERSÁRIOS
PUBLICIDADE CARNAVAL
Notícias do carnaval baiano
PEGADINAS
HUMOR
Pesquisar
Metereologia

Main » 2011 » Abril » 24 » EUNÁPOLIS: FUGITIVOS MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA
11:47 AM
EUNÁPOLIS: FUGITIVOS MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA

Dois fugitivos da cadeia de Eunápolis morreram em confronto com policiais militares do PEOT, na noite deste sábado (23), no bairro Juca Rosa.



Entre os mortos está o traficante e homicida Kleidson Costa, 25 anos, mais conhecido como JK. O outro foi identificado como Carlos Queiroz, o ‘Ponga’, idade desconhecida.

Os soldados do PEOT informaram que os dois estavam escondidos em um sítio na antiga Rua da Corrida de Cavalo, no bairro Juca Rosa, Zona Norte da cidade.

A polícia informou ainda que durante todo o dia a comunidade estava passando denúncia sobre o paradeiro de JK, acusado de mais de 20 homicídios em Eunápolis. 

‘Ele estava afirmando, abertamente, que tinha uma lista de pessoas para matar, inclusive policiais’, afirmou um PM.

Os soldados fizeram cerco ao sítio e JK, que estava escondido no forro da casa, iniciou uma troca de tiros. Outro membro do PEOT relatou que um policial quase foi atingido.

Foram apreendidos uma espingarda de calibre desconhecido e um revólver 32, municiados. O sítio onde ocorreu o confronto é de uma das namoradas de JK.

A fuga de presos da cadeia de Eunápolis aconteceu na madrugada deste sábado. 21 detentos conseguiram serrar as grades das celas e a tela de aço que protege o pátio e pular do prédio com uma corda de lençóis. 

RECAPTURA - Pela tarde, policiais civis recapturaram, em um terreno baldio às margens da BR-367, no bairro Pequi, Antonio Jorge Lordeiro. As buscas aos outros 18 continuam sendo feitas.

HOMICIDA – JK, que iria a julgamento na próxima segunda-feira (25) por um dos assassinatos do qual é acusado, está preso desde fevereiro do ano passado. 

'Ele tinha uma vasta ficha criminal e não escondia que era de alta periculosidade. Falava naturalmente que já tinha matado mais de 20 pessoas', frisa outro policial. 

O último crime que JK cometeu foi dentro da cadeia. Em outubro de 2010, ele assassinou um companheiro de cela, que estava preso por suspeita de estupros.

Fonte: Radar64
Category: NOTÍCIAS | Views: 775 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 2
Convidados: 2
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa