Sexta-feira, 2019-12-13, 5:56 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2015 » Maio » 19 » ESTUDO DE ALUNAS DA REDE ESTADUAL TEM RECONHECIMENTO DA OEA
9:50 AM
ESTUDO DE ALUNAS DA REDE ESTADUAL TEM RECONHECIMENTO DA OEA

As alunas Beatriz Pereira e Thayná Almeida, ambas de 16 anos, do 3º ano do ensino médio, do Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães, tiveram reconhecimento de destaque da Organização dos Estados Americanos (OEA), durante o International Science and Engineering Fair (Intel Isef), realizado de 10 a 15 de maio, na cidade de Pittsburh, na Pennsylvania, Estados Unidos. As alunas representaram a rede estadual no evento com o projeto ‘Fortalecimento da identidade negra e quilombola em Antonio Cardoso – Bahia’.

Um dos 50 finalistas da feira Intel Isef, o trabalho das estudantes baianos ficou entre os seis de todo o evento que receberam a distinção. Além deste, somente um projeto brasileiro recebeu a honraria – o elaborado pelo estudante Luiz Fernando da Silva Borges, de Mato Grosso do Sul. A OEA considerou que o estudo das alunas contribui para o desenvolvimento regional dos seus locais de origem. 

As estudantes receberam a distinção durante cerimônia com a participação de autoridades, professores e alunos, entre os quais Juana Roman, especialista do Departamento de Desenvolvimento Humano e Educação da OEA, Javier Firpo, diretor de Programas de Educação - América Latina, e Gabriela de La Torre, do México.

 


Incentivo à continuidade da pesquisa

Beatriz e Thayná estão radiantes. Thayná, que é da comunidade quilombola Pau Saltos, está feliz com o reconhecimento obtido pelo trabalho e pela identificação que outras pessoas tiveram com o tema da pesquisa. “A feira possibilita aos estudantes ótima experiência de expor seus projetos e partilhar conhecimento. Fico feliz de saber que tem pessoas que se importam com a educação e o talento dos jovens”.

Segundo Beatriz, os avaliadores demonstraram interesse pelo projeto, citaram a importância do mesmo e incentivaram a continuação da pesquisa. “Esta é uma ótima feira, bem organizada, que possibilita aos estudantes experiência única. Participar da Intel Isef me permitiu o contato com diversas culturas. Estou muito feliz”.

A viagem foi conquistada pelas estudantes, a partir da premiação máxima obtida na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia (Febrace), realizada no mês de março, em São Paulo, com o projeto ‘Fortalecimento da identidade negra e quilombola em Antonio Cardoso – Bahia’. As alunas representaram a rede estadual de ensino durante a Febrace com os programas ‘Ciência na Escola’ e ‘Feira de Ciências e Matemática da Bahia’, que são desenvolvidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia. 

Fonte: SecomBA

Category: NOTÍCIAS | Views: 189 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 1
Convidados: 1
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa