Sexta-feira, 2020-08-14, 2:40 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2015 » Setembro » 8 » ENTREGUE A 11ª CONTENÇÃO DE ENCOSTAS EM CINCO MESES NA CAPITAL
2:11 PM
ENTREGUE A 11ª CONTENÇÃO DE ENCOSTAS EM CINCO MESES NA CAPITAL

VEJA MAIS FOTOS 

Em visita ao bairro de São Cristóvão, na manhã desta terça-feira (8), o governador Rui Costa entregou a décima primeira encosta recuperada em Salvador, desde o final de março, quando foi entregue a primeira, no bairro de Água Claras. No total, até o final de 2016, estão previstas 98 intervenções em áreas de risco na capital. De acordo com o governador, esse é o começo da série de novas obras que ainda serão autorizadas. 

Isso porque a entrega no bairro de São Cristóvão, que beneficiou 52 famílias da localidade, acontece na véspera da liberação oficial de R$ 80 milhões do governo federal para mais investimentos desse tipo na capital baiana e no município de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A formalização do investimento será realizada na quarta-feira (9), com a presença do ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, em um encontro com o governador Rui Costa e com os prefeitos das duas cidades beneficiadas. Com esse recurso, serão autorizadas mais 17 intervenções distribuídas entre os dois municípios, sob responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). As áreas são escolhidas por apresentarem risco muito alto aos imóveis e ameaça à vida dos moradores da região.

"Amanhã receberemos essa verba para construir e autorizar novas encostas em Salvador e em Candeias, principalmente naquelas regiões que foram atingidas por desabamentos no primeiro semestre, onde, em alguns pontos, houve mortes, como na Baixa do Fiscal e na San Martin. Ainda temos muitas áreas para recuperar e conseguir cobrir toda a cidade, mas estamos escolhendo, nessas primeiras intervenções, as áreas mais críticas. O nosso trabalho continua, pelo menos pelos próximos dois anos, para tentar dar mais segurança à população", afirmou Rui, destacando ainda que outras encostas no bairro de São Cristóvão serão incluídas em outros projetos.

Em conversa com moradores, o governador explicou a alguns representantes do bairro que, até o ano que vem devem começar as obras de macrodrenagem do rio Ipitanga, que passa pela comunidade e que, em épocas de chuvas, é motivo de alagamentos. "Temos um projeto que segue daqui até Lauro de Freitas, que custará em torno de duzentos milhões de reais e que vai resolver o problema de alagamento de parte da população que vive nessas regiões, à margem do rio e em outras localidades", explicou.

Para a aposentada Otacília Ribeiro, que mora com um dos filhos em São Cristóvão, a contenção da encosta é um sonho dos últimos 27 anos, desde que se mudou para o imóvel que ficava embaixo do barranco que foi recuperado. Há cerca de seis anos, quando estava em casa com um neto, uma chuva fez as terras deslizarem e o muro dos fundos do imóvel foi derrubado, assustando a aposentada. "Tanto tempo sem dormir, com medo de acontecer uma tragédia, e agora eu olho os fundos da minha casa e fico orgulhosa. E agradeci a todos que trabalharam aqui também, que me trataram muito bem, foram maravilhosos comigo, só tenho a agradecer", falou emocionada Otacília, que guardou um dos capacetes dos operários pendurado na parede, como recordação.

Para dar mais comodidade aos moradores da região, as obras de responsabilidade da Conder incluíram, além de contenção e estabilização de 128 metros de encosta, melhorias da infraestrutura do entorno, ações de urbanização e acessibilidade, como a construção de escada com corrimão para melhoria das vias de acesso, e drenagem, com valeta e canaletas. O investimento das intervenções no bairro foi de R$ 563 mil. 

Programa 

O investimento realizado no bairro de São Cristóvão faz parte do Programa de Prevenção de Desastres Naturais, que prevê construção de estruturas de contenção de encostas em 98 localidades de Salvador até o final de 2016, com investimento na ordem de R$ 156 milhões. Esses locais são regiões identificadas no Plano Diretor de Encostas da capital como zonas de risco alto ou muito alto e foram divididas em quatro etapas para construção. Os recursos fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal

Essa é a décima primeira encosta entregue do projeto que já contemplou os bairros de Cajazeiras (Rua Marisol e Loteamento João de Barro), Águas Claras (Loteamento Nogueira), Pau da Lima (Rua São Rafael), Castelo Branco/Pau da Lima (Rua 12 de Julho) Nova Brasília/Pau da Lima (1ª Travessa Cosme e Damião), Retiro/São Caetano (Rua São Miguel), Rua 11 de Julho, em Cajazeiras e 1ª Travessa Agda Ferreira, no Pau da Lima.

Além das entregas, no último mês, o governador Rui Costa visitou e autorizou obras nos bairros de Alto da Terezinha, Lobato, Marechal Rondon, Itacaranha e São Caetano.

Visita escolar

Ainda em visita ao bairro de São Cristóvão, o governador aproveitou para conhecer as instalações do Colégio 15 de Novembro, onde foi recebido pelos alunos com uma apresentação musical, conversou com professores, entrou em salas de aula e falou aos estudantes que está em busca de outro local no bairro para construir melhor infraestrutura para a instituição. 

Category: NOTÍCIAS | Views: 229 | Added by: tainá | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa