Sábado, 2021-01-23, 9:04 AM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Metereologia
Main » 2013 » Setembro » 18 » ENTEADO QUE ATIROU EM POLICIAL MILITAR ALEGA LEGÍTIMA DEFESA
5:29 PM
ENTEADO QUE ATIROU EM POLICIAL MILITAR ALEGA LEGÍTIMA DEFESA


Foi legítima defesa”. A alegação é do mecânico Jadson da Silva Garcia, de 30 anos, que atirou cinco vezes em seu padrasto, o soldado reformado da Polícia Militar, Genário Góes Borges, 52, no domingo (15), na rua Pastor Martin Luther King, em São Caetano.

Jadson, que já responde por receptação, se apresentou, na tarde desta terça-feira (17), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi ouvido pelo delegado Jackson Carvalho, da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/Bahia de Todos os Santos). Ele estava acompanhado da mãe e do advogado.

Em seu depoimento, o mecânico disse que, no dia do crime, Genário teria ido à sua casa, situada na Boa Vista do São Caetano, à procura da mãe dele, identificada como Rosângela. Visivelmente embriagado, segundo Jadson, o policial chamou a mulher, com quem viveu durante 15 anos, com xingamentos. Irritado com a situação, o enteado entrou em luta corporal com o padrasto, mas se desvencilhou da briga quando percebeu que a vítima estava com um revólver na cintura.

O acusado disse que, depois do ocorrido, foi ao encontro da mãe, que estaria na casa de uma amiga, para alertá-la de que Genário havia procurado por ela apresentando sinais de embriaguez e armado. Ao retornar para casa, na Boa Vista,  deparou-se novamente com o padrasto, que tentou sacar uma arma da cintura, sem conseguir empunhá-la. Nesse momento, de acordo com o interrogatório, o mecânico tomou a arma do policial e a disparou.  

Jadson declarou também que presenciou , por diversas vezes, as agressões do padrasto contra sua mãe. Em uma delas, a mulher foi atingida por disparos de arma de fogo ficando internada por três meses. Quanto a arma do crime, informou que a jogou em um matagal na BR 324. A polícia faz buscas para localizá-la. Segundo o delegado Jackson Carvalho, cinco pessoas foram ouvidas e outras testemunhas já foram intimadas a prestarem esclarecimentos. Como se apresentou espontaneamente, Jadson foi liberado e, inicialmente, responderá em liberdade.

Fonte: Aratu Online

Category: NOTÍCIAS | Views: 318 | Added by: monica | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 3
Convidados: 3
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa