Terça-feira, 2018-07-17, 12:46 PM
Welcome Convidado | RSS

Menu
Login
Categorias
Pesquisar
Main » 2010 » Dezembro » 23 » ELEIÇÃO DA CÂMARA DE IPIRÁ VAI PARAR JUSTIÇA
1:36 PM
ELEIÇÃO DA CÂMARA DE IPIRÁ VAI PARAR JUSTIÇA
http://2.bp.blogspot.com/_uIfgVEJMWdk/TRJQdzk88EI/AAAAAAAABDU/2cooeIk2K0A/s1600/Camara+de+Ipir%25C3%25A1.JPG
O impasse continua para escolha da nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores do município de Ipirá. A eleição que deveria ter ocorrido no último dia 14 de dezembro, não ocorreu por falta de coro, já que na última hora, o vereador Raimundo Simas, que fazia parte da chapa que tinha como candidato a presidente Divanilson Mascarenhas e já tinha garantido seis dos dez votos, se declarou que votaria na chapa encabeçada por Weima Fraga, o que conseqüentemente daria empate de 5 a 5 e como Weima é mais velho de idade que Divanilson assumiria a presidência da Câmara. Os cinco vereadores que apoiavam Divanilson Mascarenhas, ao sentirem que perderam o voto de Raimundo Simas, que inclusive fazia parte da chapa como 1º secretário, recuaram e não compareceram no plenário para votação, não dando coro a eleição foi cancelada.


Posteriormente, o presidente da Casa Deteval Brandão publicou outro edital convocando outra eleição para o dia 21, dando oportunidade para inscrição de novas chapas, no que o cargo de presidente na chapa de Divanislosn foi trocado por Edigar Batista que antes era candidato a vice, mais por ser mais velho de idade, passou para a cabeça da chapa, pois se continuar com os cinco votos, ele assumiria a presidência. Os vereadores partidários de Weima Fraga, Eduardo Coloneze, Jaildo dos Santos, Aníbal Aragão e agora Raimundo Simas contrataram o advogado Guilherme Neto em Salvador, especialista em assuntos legislativos que compareceu em Ipirá e numa reunião antes da Sessão do dia 21, com todos os vereadores e a assessoria jurídica da Câmara ficou claro a divergência de entendimentos.


A assessoria jurídica da Câmara entende que o ato de publicar novo edital e a mudança na chapa esta amparado pela Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno. Já o Bel. Guilherme Neto entende o contrário e deu entrada na justiça com o pedido de anulação do ato do presidente da Casa, Deteval Brandão. Como a justiça entrou em recesso e se a juiz de plantão não analisar a causa até o dia 31, no dia 1º de janeiro o vereador Edigar Batista assume a presidência da câmara por ser o vereador mais velho e vai se aguardar uma decisão da justiça para realização da eleição da Mesa, o que poderá se arrastar por muito tempo.

Category: NOTÍCIAS | Views: 468 | Added by: jorge | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total Online: 24
Convidados: 24
Usuários: 0
Sites
Cursos Online Profissionalizantes
Cursos Online 24 Horas - Certificado Entregue em Casa