DILMA DIZ QUE TEMER E CUNHA SÃO "SÓCIOS NO GOLPE" E PROPÕE UM PACTO SE BARRAR O IMPEACHMENT - 13 April 2016 - JORGEQUIXABEIRA
Tuesday, 2016-12-06, 4:53 PM
Welcome Guest | RSS

Menu
Login
Categorias
Cesta
Your shopping cart is empty
Pesquisar
Metereologia
Main » 2016 » April » 13 » DILMA DIZ QUE TEMER E CUNHA SÃO "SÓCIOS NO GOLPE" E PROPÕE UM PACTO SE BARRAR O IMPEACHMENT
4:13 PM
DILMA DIZ QUE TEMER E CUNHA SÃO "SÓCIOS NO GOLPE" E PROPÕE UM PACTO SE BARRAR O IMPEACHMENT

Dilma Rousseff recebeu no início da manhã um grupo de dez jornalistas para uma entrevista no Palácio do Planalto. Na conversa de mais de duas horas, Dilma admitiu a possibilidade de derrota na votação de domingo. Já no final da entrevista, foi direta em relação ao seu futuro político no caso de o impeachment prospere, ou seja, se for derrotada na Câmara e no Senado: 

— Se eu perder, sou carta fora do baralho.

Embora tenha ressaltado que não faria "uma entrevista bem comportada", Dilma queria basicamente passar alguns recados.

*Associar Michel Temer e Eduardo Cunha, a quem chamou de sócios.

*Dizer que o impeachment é golpe ("impeachment sem fundamentação é um salto no escuro que marcará profundamente a história política do Brasil").

* E propor um pacto, se conseguir barrar o impeachment no domingo.

Na entrevista, dada no Palácio do Planalto, tendo ao seu lado o ministro Edinho Silva, Dilma atacou com violência a dupla Cunha e Temer ("Só não sei quem é o chefe e o vice-chefe. Mas eles são sócios. Um não age sem o outro.").

Em relaçao ao pacto, ficou uma interrogação no ar. Dilma não conseguiu detalhar uma agenda para a ideia. Se disse aberta ao diálogo com a oposição a quem convidaria para conversar.

Mesmo sem ter explicado que pacto seria esse, disse que só ela poderia fazê-lo. E se referindo a Temer, a quem nunca citava pelo nome, afirmou que não existe pacto "sem a legitimidade do voto".

— Seria uma repactuação com todas as forças políticas, com a oposição e com os movimentos sociais.

Em nenhum momento, Dilma conseguiu se dizer otimista em relação à votação de domingo. Mas garantiu que lutará "até o último minuto contra esta tentativa de golpe".

A presidente criticou também o relatório aprovado na Comissão do Impeachment, na segunda-feira. Qualificou-o de "uma fraude".

Os alvos preferidos foram mesmo Temer e Cunha. No caso de Cunha faz parte da estratégia do Planalto usar a merecidamente péssima (e bota péssima nisso) imagem pública do peemedebista para tirar a legitimidade do impeachment.

Ela criticou também o conteúdo do áudio vazado anteontem em que o seu vice fala de seu projeto de governo, caso o impeachment seja aprovado ("Foi um vazamento para si mesmo. Algo fantástico"). Ali, Temer fala que o estado deve prover a segurança, a saúde e a educação. 

— A visão do estado mínimo é uma visão primária. Isso só serve para países desenvolvidos. E às vezes, nem isso, vejam o caso da Dinamarca.

De olhos um pouco vermelhos e demonstrando irritação apenas ao falar do impeachment, Dilma negou-se também a fazer qualquer autocrítica sobre sua relação com o Congresso. 

Garantiu que não passa pela sua cabeça a possibilidade de enviar ao Congresso um projeto propondo eleições gerais.

O governo vai, sim recorrer ao Supremo, se for derrotado no domingo, mas Dilma não admitiu isso com todas as letras. Disse que isos não foi decidio ainda e se for, quando recorrerá.

Nos bastidores, porém, seus assessores confirmam a ida ao STF. Dilma disse que "o presidente da Câmara", a quem nunca chamou pelo nome durante a entrevista, cometeu irregularidades no processo. Não deu exemplos, porém, exceto que "o rito do direito de defesa" teria sido atropelado.

A presidente repisou um tema que ministros e petistas em geral martelam — "os vazamentos dirigidos".  Disse Dilma:

— Nos EUA, um vazamento desses anula toda a investigação.

De fato. E no Brasil funcionava assim também. Mas o Judiciário, incluindo ái o STF, mudou de posição em relação a esse tema nos últimos anos.

Category: NOTÍCIAS | Views: 62 | Added by: Michele | Rating: 0.0/0
                                 
Anúncios
Estatística

Total online: 38
Guests: 38
Users: 0
Sites

Copyright MyCorp © 2016